.

.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

'Santo' Ricardo Murad é condenado pelo TCE por irregularidade em prestação de contas


O Tribunal de Contas do Estado – TCE julgou duas prestações de contas do agora santinho do Maranhão, o DESEMPREGADO E DERROTADO Ricardo Murad, referentes à sua gestão à frente da Gerência Metropolitana, e encontrou irregularidades. Murad foi condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 20 mil no julgamento de contas referente ao período de 1º de abril a 31 de dezembro de 2003 e multa de R$ 9 mil no caso da prestação de contas referente ao período de 1º de janeiro a 31 de março.

Os valores não representam nada diante do montante de dinheiro envolvido nas dispensas de licitação promovidas por Ricardo Murad como gerente metropolitano, nomeado pelo então governador José Reinaldo Tavares. Bem ao seu estilo megalomanÍaco, Murad cometeu mandos e desmandos que lhe renderam processos na Justiça.

Em uma ação penal, ele foi acusado da prática de gravíssimos ilícitos e desvio de dinheiro do erário público. Numa ação cível, com base em denúncia do Ministério Público Estadual, Murad foi apontado como responsável por desvio de recursos que chegariam a quantia de R$ 1,6 milhão, pagos pelos cofres do Governo do Maranhão.

De acordo com ação movida pelo Ministério Público, o suposto desvio de recursos públicos, à época em que Ricardo Murad exercia o cargo de gerente metropolitano de São Luís, teria ocorrido com grave burla à Lei de Licitações, fazendo uso de uma empresa supostamente fantasma, a Nonasel, criada apenas para realizar contrato com o Estado e servir de escoadouro dos recursos públicos.

O cunhado da ex-governadora Roseana Sarney autorizou a dispensa de licitação para vários serviços, a maioria deles contratados pela empresa Nonasel. Em dois contratos, um no valor de R$ 773.500 para conservação e limpeza da Lagoa da Jansen, e outro, no valor de R$ 841.280, para conservação e limpeza de logradouros públicos, não há especificações e detalhamento do tipo de serviço a ser realizado.

Ricardo Murad valeu-se de manobras jurídicas para neutralizar os processos contra ele, e se beneficia da burocracia do judiciário. Vejam que só agora o ex-gerente metropolitano e ex-secretário de Saúde foi condenado a pagar duas multinhas irrisórias referentes a contas irregulares de 10 e 11 anos atrás. E o que Murad fez na Secretaria de Saúde? Se cometeu crimes, quando pagará por eles?

Com informações do  Blog do Jeisael.

Um comentário:

  1. Santo não sei, mais entre Luis*Ricardo eu prefiro Ricardo.

    ResponderExcluir