sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Prefeitura divulga edital e ficha de inscrição do programa de Auxílio Transporte Univesitário



ATENÇÃO, UNIVERSITÁRIO! 
A espera acabou!!!
A Prefeitura Municipal de Coroatá, através da Secretaria Municipal de Educação, acaba de publicar o Edital do Programa Auxílio Transporte aos Estudantes de Curso Superior residentes no Município de Coroatá/MA.
Com a publicação do edital, as inscrições para o programa ficam abertas de 22 a 26 de janeiro. A ficha de inscrição está disponível no link abaixo, bem como inteiro teor do edital e das declarações.
O Programa de Auxílio Transporte aos Universitários é regido pelo Edital nº 01/2018 (Lei Municipal nº 06/2017) e concede suporte financeiro no valor de 40% (quarenta por cento) das despesas comprovadas no contrato de transporte aos alunos de cursos de graduação, na modalidade presencial ou semipresencial, nas cidades de Bacabal, Caxias, Codó ou Pedreiras.
Fique atento aos prazos e à documentação necessária. Inscrições com documentação incompleta não serão deferidas.
Secretaria Municipal de Educação.
Secretaria Municipal de Gestão e Orçamento.
Prefeitura Municipal de Coroatá – Para o Bem de Todos.

EDITAL;   Clique aqui.
FICHA DE INSCRIÇÃO;    Clique aqui.
DECLARAÇÃO DE NÃO POSSUIR GRADUAÇÃO;     Clique aqui.
DECLARAÇÃO DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES.      Clique aqui.

Prefeitos cobram R$ 2 bilhões prometidos pelo governo federal em 2017



Devido à falta de previsão orçamentária, o governo não liberou até agora os R$ 2 bilhões prometidos para dezembro a prefeitos de todo o país. O dinheiro foi usado como barganha pelo Planalto para negociar e pressionar deputados a votar a favor da reforma da previdência.

De acordo com a CNM (Confederação Nacional de Municípios), houve resistência da equipe econômica em liberar os recursos sem a indicação de contrapartida do lado das receitas.

Para sinalizar a intenção de cumprir a promessa, o Palácio do Planalto editou uma medida provisória no fim do ano passado autorizando a transferência aos municípios. Mas ainda será preciso enviar um projeto de lei ao Congresso para dizer qual será a origem dos R$ 2 bilhões.

Governo federal e prefeitos esperam que a situação esteja resolvida, no máximo, até o início de março. O Congresso retoma os trabalhos no começo de fevereiro. "O governo tem o compromisso de ajudar os municípios. Nesse sentido, fez um esforço para liberar em dezembro, mas esbarramos na ausência de previsão orçamentária. Para Marun, a crise com os prefeitos está "pacificada" e existe "compreensão" por parte deles.

Apesar de negar relação entre a liberação dos recursos e o apoio às mudanças na Previdência, o presidente da CNM (Confederação Nacional de Municípios), Paulo Ziulkoski, reconhece que pode haver uma mobilização contra a reforma.

"Foi quase uma rasteira que nos deram. Foi tudo confirmado e reconfirmado em audiência com o próprio presidente [Michel Temer]. A revolta é muito grande. Os prefeitos estão extremamente indignados. O ambiente está muito hostil em relação à União", disse Ziulkoski, que mantém discurso a favor da reforma.

“Se os parlamentares não nos acompanharem, vamos ter que tomar medida mais radical no processo eleitoral", disse o presidente da CNM, que pretende encontrar novamente Marun na semana que vem para saber a quantas anda o processo para liberar o dinheiro.

Parlamentares da base aliada dizem estar sendo pressionados pelos prefeitos.

"Eles estão aguardando que o governo cumpra o que foi acordado, o compromisso", afirmou o líder do PR na Câmara, José Rocha (BA).

Além dos R$ 2 bilhões prometidos para o ano passado, o governo Michel Temer se comprometeu, no fim de 2017, a repassar para os municípios outros R$ 3 bilhões, caso a reforma seja aprovada.

Os prefeitos não são a única fonte de pressão sobre o governo. Parlamentares têm cobrado a Temer que mexa nos cargos dos colegas que insistem em se posicionar contra a reforma, mas mantêm indicados nos quadros do governo.

Deputados aliados dizem que o número de votos na Câmara pela reforma está estacionado desde o ano passado e é insuficiente para aprovar o texto. O governo precisa de ao menos 308 votos para aprovar a reforma da Previdência na Câmara, em dois turnos. A previsão é que a votação aconteça logo após o Carnaval, em 19 de fevereiro.

Da Folha de São Paulo

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Que loucura! Prefeito de Vargem Grande se nega a pagar décimo terceiro para funcionários contratados e comissionados




Algo inédito no Maranhão, ou até mesmo no Brasil, quem sabe, está acontecendo em Vargem Grande, cidade que possui aproximadamente 60 mil habitantes, e tem como prefeito Carlinhos Barros, eleito em 2016 com uma votação expressiva prometendo ser o melhor prefeito do mundo.

 O prefeito Carlinhos Barros está simplesmente se negando a pagar um direito adquirido por todos as pessoas que são funcionárias públicas, Barros diz pra quem quer ouvir que não pagou e nem vai pagar o décimo terceiro salário a servidores que ocupam cargos comissionados e os contratados da sua administração, muitos não reclamam porque sabem que se fizerem isso, serão imediatamente mandados para a rua. Em contato com alguns profissionais do direito, eles foram categóricos em afirmar que o ato do prefeito é ilegal e pode lhe render inclusive ação de improbidade por violar um direito do trabalhador. 

O que diz a lei 

Art. 39, parágrafo terceiro da Constituição Federal: Aplica-se aos servidores ocupantes de cargo público o disposto no art. sétimo----VIII da CF. O dispositivo diz respeito a direito a décimo terceiro. Logo como cargo em comissão é cargo público a própria constituição garante o direito. Não é algo a ficar na dependencia de lei do ente contratante. Há direito, pois, ao décimo terceiro.


Então, é uma vergonha o prefeito se negar a pagar um direito adquirido, cabe agora o MP se manifestar sobre o assunto...

Ah e os salários de Dezembro de 2017 também estão em atraso na cidade...

Deputado Rafael Leitoa visita Coroatá nesta sexta (19)



O Deputado Estadual Rafael Leitoa (PDT), visitará Coroatá nesta sexta-feira dia 19. Acompanhado do vice-prefeito Domingos Alberto, do vereador Antônio Viana e demais apoiadores, o deputado irá fazer uma visita ao prefeito Luís da Amovelar Filho (PT), ao líder político Luís da Amovelar, se reunirá com a nova presidente do Sindicato Dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais  e também irá verificar o atendimento do Hospital Macrorregional e Upa de Coroatá.

Leitoa que deverá figurar neste ano como um dos mais votados de Coroatá tem marcado bastante presença na cidade e promete fazer uma campanha propositiva, ele também já informou que enviará emendas para ajudar o município “Já enviamos emenda e em breve estaremos fazendo a entrega de veículos para a saúde, fruto do nosso trabalho e emprenho na Assembléia, irei continuar ajudando a gestão do prefeito Luís e do Vice Domingos Alberto” disse ele ao blog.

Após as visitas, o deputado irá conceder entrevista nas TVs Locais.

Josean Veras continua se articulando e se reúne novamente com Roseana Sarney



O presidente da Câmara Municipal de Coroatá e pré-candidato a deputado estadual, Josean Veras, continua as articulações visando as eleições de outubro. 

No início da semana, Josean se reuniu mais uma vez com a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), que se diz pré-candidato a governadora novamente. Na pauta, segundo informações estaria a organização do lançamento da pré-candidatura de Josean Veras a deputado em Coroatá após o carnaval. Ao lado de Josean estava o ex-ferrenho defensor da pré-candidatura de Maura Jorge ao governo do Maranhão, Márcio da Benedita que ainda é filiado ao partido da Nanica Maura, mas que deve dar adeus em breve e seguir Josean e Roseana Sarney. O que chama atenção é que Josean tem mantido a proximidade de lideranças com a ex-governadora, algo inédito nas bandas de lá, já que Murad sempre que vinha de São Luís já trazia tudo mastigado apenas para os vereadores e lideranças engolirem, diferente do que tem feito Josean...

Vamos ver até quando a “rebeldia” de ir contra os gostos de Murad continua... 


O jogo está ficando divertido....

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Andrea e Ricardo Murad se escondem para não ajudarem Blocos Carnavalescos de Coroatá


A deputada estadual Andrea Murad (PMDB), e seu pai o ex-todo poderoso do Maranhão, Ricardo Murad tem evitado de todas as formas a população de Coroatá, principalmente seus fiéis aliados, que mesmo na taca, lhe veneram diariamente. 

Andrea que completará neste ano, quatro anos como deputada estadual e completou em janeiro um ano longe de Coroatá, está simplesmente se escondendo de seus apoiadores para não ajudar aqueles que possuem blocos carnavalescos na cidade, são varias as reclamações repassadas ao blog, “Eles dizem que vem em Coroatá pra nos repassar alguma ajuda financeira, mas até agora nem nossos telefonemas eles atendem mais”, disse indignado um dos organizadores de um bloco tradicional da cidade. 


É, parece que será da mesma forma que foi no São João em que a deputada que diz amar Coroatá, mas só ajuda outras cidades, simplesmente só ajudou seus fiéis escudeiros após pressão deste blog... 

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Oposição ainda não se decidiu totalmente se apoia Josean ou Genro de Murad pra deputado estadual

Vereadores de oposição 

Os vereadores que formam o bloco de oposição em Coroatá ainda não se decidiram o que farão nas eleições de outubro deste ano, uns querem o presidente da câmara municipal, Josean Veras como seu candidato a deputado estadual, outros preferem não contrariar seu chefe e seguirão a ordem de Ricardo Murad que deverá ser de apoiar seu Genro, Sousa Neto. 

O impasse pelo visto está longe de ser resolvido, pois Josean garante que “só Deus”, pra lhe fazer desistir de disputar uma das 42 cadeiras da Assembléia Legislativa do Maranhão, Josean inclusive já informou que iniciará sua pré-campanha após o carnaval, que contará até com a presença da ex-governadora Roseana Sarney em Coroatá apoiando sua pré-candidatura. Já da parte de Murad, ele prefere ainda, ficar somente pela internet, nada de ligar pra ninguém, se reunir com algum vereador ou coisa do tipo, Murad continua acreditando que assim que botar os pés em Coroatá, contará com o apoio de seus fiéis escudeiros, será? É aguardar para conferir...

E outubro vai ficando cada vez mais próximo...


Coroatá obedece normas do TCE e já pode conveniar com o estado, veja quais cidades estão irregulares

Prefeitos inadimplentes...


A Prefeitura de Coroatá obedece todas as normas de transparência estabelecidas pelo Tribunal de Contas do Estado - TCE/MA, e já está apta para conveniar com o governo do estado, como por exemplo para receber ajuda financeira para a realização do Carnaval 2018.

Veja a matéria do site Atual7 que mostra quais os municípios estão idaimplentes junto ao órgão: 



Irregulares, 81 municípios podem ter barrados convênios para o Carnaval 2018


A falta de transparência na gestão da coisa pública pode deixar quase cem municípios do Maranhão sem poder firmar convênios para a realização do Carnaval 2018.
Em atendimento à recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) no que diz respeito ao repasse de transferências voluntárias e legais — com base nas informações sobre o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em relação aos portais da transparência —, o secretário estadual de Cultura e Turismo, Diego Galdino, baixou portaria em dezembro passado em que exige dos prefeitos a apresentação da certidão emitida pela Corte para a celebração de convênios para as festividades do reinado de Momo.
Segundo levantamento feito pelo ATUAL7 junto ao TCE-MA na manhã desta terça-feira 16, apenas 136 prefeitos estão cumprindo o que determina a legislação. O restante, o total de 81 gestores, permanecem na marginalidade.
Iniciado desde o último dia 27, o prazo estabelecido por Galdino para a apresentação da documentação vai somente até o próximo sábado 20.
Para que não haja comprometimento no julgamento das contas da Sectur e do próprio Governo do Maranhão, quem estiver ilegal não poderá receber os repasses do Palácio dos Leões, mesmo que apresente os outros documentos necessários para a celebração do convênio, como o ofício do deputado indicando a emenda parlamentar.
Abaixo, por ordem alfabética, a relação dos municípios que ainda estão irregulares:
Água Doce do Maranhão
Altamira do Maranhão
Alto Alegre do Pindaré
Amapá do Maranhão
Anajatuba
Araioses
Bacabal
Bacabeira
Bacuri
Bela Vista do Maranhão
Benedito Leite
Bom Jardim
Bom Jesus das Selvas
Brejo
Brejo de Areia
Buriti
Buriti Bravo
Buriticupu
Cachoeira Grande
Cajari
Capinzal do Norte
Caxias
Chapadinha
Codó
Coelho Neto
Colinas
Cururupu
Davinópolis
Dom Pedro
Estreito
Formosa da Serra Negra
Fortuna
Gonçalves Dias
Governador Eugênio Barros
Governador Luiz Rocha
Graça Aranha
Jenipapo dos Vieiras
Joselândia
Lajeado Novo
Luís Domingues
Magalhães de Almeida
Mirador
Miranda do Norte
Mirinzal
Morros
Olho d'Água das Cunhãs
Olinda Nova do Maranhão
Palmeirândia
Parnarama
Pastos Bons
Paulino Neves
Peri Mirim
Pindaré-Mirim
Pinheiro
Presidente Sarney
Presidente Vargas
Rosário
Santa Quitéria do Maranhão
Santa Rita
Santana do Maranhão
Santo Antônio dos Lopes
São Benedito do Rio Preto
São Bento
São Bernardo
São Domingos do Maranhão
São Félix de Balsas
São Francisco do Maranhão
São João do Soter
São José dos Basílios
São Mateus do Maranhão
São Pedro da Água Branca
São Roberto
Serrano do Maranhão
Tasso Fragoso
Timbiras
Tufilândia
Tuntum
Turilândia
Tutóia
Vila Nova dos Martírios
Vitorino Freire

Coroatá se despede do empresário Fernando da Potiguar

Família confirma morte do empresário Fernando da Potiguar



É com muita tristeza que informamos oficialmente o falecimento do empresário Fernando da Potiguar. A família confirmou na manhã desta segunda-feira (15) que Fernando teve uma parada cardíaca e os órgãos, que eram mantidos funcionando por aparelhos, não resistiram.

Na quinta-feira (11) os familiares enviaram um comunicado à redação do Coroatá Online explicando que os médicos haviam confirmado a morte encefálica do empresário, e por mais que a medicina entenda que nesse caso não há reversão, todos oravam e torciam por um milagre.

O corpo de Fernando já está a caminho de Coroatá e o velório deverá acontecer no Ginásio Municipal.

O início

Fernando passou mal há quase uma semana, sexta-feira (05), e foi atendido na UPA de Coroatá. Em seguida decidiu ir para Teresina realizar exames, lá os médicos descobriram a existência de uma grave doença. Poucas horas depois, a informação era de que o empresário se encontrava internado na UTI do Hospital ProntoMed, em coma induzido. Desde então não apresentou melhoras.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Cleide Coutinho resolve: será candidata a uma cadeira na Assembleia Legislativa



Tão logo retorne de São Paulo, onde foi tratar um problema na vista, a ex-deputada estadual Cleide Coutinho, mulher do recém-falecido deputado estadual Humberto Coutinho, presidente da Assembleia Legislativa, deve anunciar sua candidatura a uma vaga no parlamento maranhense. O anúncio da sua decisão de se candidatar confirmará sua ascensão ao comando do grupo político liderado por Humberto Coutinho, e tranquilizará uma série de aliados de peso – como o prefeito de Tuntum e presidente da Famem, Cleomar Tema (PSB) -, que já manifestaram interesse em apoiá-la.

Cleide Coutinho é a herdeira natural do cacife político e eleitoral – cuja consolidação deve muito ao seu trabalho firme ao lado do marido, vale dizer – e caberá a ela conduzir o grupo Coutinho no delicado processo de transição pós-morte do líder principal. Em princípio, ela teria dito que não queria ser candidata, mas depois de avaliar a situação do grupo, que mergulhou orfandade diante do enorme vazio de comando deixado pelo deputado-presidente, Cleide Coutinho decidiu entrar na corrida como herdeira politica e eleitoral do marido. Com a decisão, além de assumir incontestavelmente a liderança da família, e assumirá também o controle do grupo político, que envolve de diversos prefeitos e vereadores da região.

Cleide Coutinho é médica, foi deputada estadual e sempre foi mão firme e ativa ao lado de Humberto Coutinho. Nascida no Rio Grande do Norte, formou-se na Universidade federal da Bahia, onde conheceu o também estudante de medicina Humberto Coutinho. Foi o esteio do marido na construção de um grande grupo empresarial, que inclui hospitais, faculdades e criação de gado, entre outras atividades. Nada mais natural que assuma o comando do grupo e mantenha a influência política que ajudou a construir.

Fonte: blog Repórter Tempo

Bolsonaro gasta 39% a mais com voos pagos pela Câmara



Rio 247 – O deputado federal e presidenciável pelo PSC, Jair Bolsonaro, viajou para Campina Grande, segundo maior colégio eleitoral da Paraíba, para dar palestras, falar com eleitores em praças e conceder entrevistas para rádios locais no dia 8 de fevereiro do ano passado. “Hoje estou perdendo a sessão em Brasília. Gostaria de estar lá, mas para quem tem outras tem de estar muito bem preparado para aquele momento em 2018. Vale a pena tudo isso aí”, entrevista à época.

Com a tentativa de viabilizar o seu nome para a eleição presidencial, Bolsonaro aumentou seus gastos com passagens aéreas pagas com dinheiro público da Câmara dos Deputados. Segundo o Estadão/Broadcast, nesta legislatura (entre 2015 e 2017), o parlamentar gastou 39% mais com passagens custeadas pela Câmara do que no período anterior (de 2011 a 2014): passou de R$ 261 mil para R$ 362 mil.

Os deslocamentos para outros estados do País aumentaram de 23 para 83 (2,3 por mês). Foram considerados somente os bilhetes em em que Bolsonaro é o passageiro e pagos por meio da cota parlamentar. A um ano do fim do atual mandato, o parlamentar já se deslocou 351 vezes, ante 404 dos quatro anos anteriores.

Recentemente, Bolsonaro amargou uma intensa repercussão negativa na imprensa, após a Folha publicar reportagens relantando o patrimônio dele e dos filhos parlamentares, além do recebimento de auxílio-moradia mesmo tendo apartamento próprio em Brasília. Bolsonaro e seus três filhos que exercem mandato – Eduardo, Carlos e Flávio – são donos de 13 imóveis com preço de mercado de pelo menos R$ 15 milhões em pontos valorizados no Rio de Janeiro, como Copacabana, Urca e Barra da Tijuca, e de Brasília.

O parlamentar acusou o jornal de canalha.

Sete secretários e três presidentes de órgãos deixam Governo Dino



O Imparcial – Após um curto recesso, o governador Flávio Dino está de volta ao comando do estado e já terá de pensar na continuidade de seu governo nos seis meses que antecedem as eleições de 2018.

Não é estranheza que secretários de estado e presidentes de órgãos estaduais demonstrem interesse em concorrer ao pleito. Os interessados deverão se afastar dos cargos até o mês de abril, o que poderá causar certa dor de cabeça ao governador Dino. De acordo com levantamento feito pelo jornal O Imparcial, 24% dos atuais secretários deverão concorrer este ano. Além deles, pelo menos outros três gestores também já comunicaram a Flávio Dino sobre suas ambições políticas.

Nos corredores do Palácio dos Leões, os nomes de sete secretários já são dados como certos nas eleições de outubro. Inclusive, os gestores já até comunicaram esse desejo ao governador que, até agora, não definiu os respectivos substitutos.

No fim do ano passado, Dino, inclusive, se reuniu com jornalistas em entrevista coletiva e garantiu que as mudanças em seu secretariado aconteceriam somente após o carnaval, na segunda quinzena de fevereiro. Tanto que o governador adota cautela para escolher os novos secretários.

A lista dos “secretários pré-candidatos” é encabeçada por Márcio Jerry, secretário de Comunicação e Articulação Política (Secap). O próprio Jerry, em conversa com a reportagem de O Imparcial, deixou claro que as definições sobre aqueles que irão assumir as pastas estão estagnadas neste momento. O gestor responsável pela Secap confirmou que as mudanças ocorrerão somente no mês que vem.

Márcio Jerry, inclusive, será candidato a deputado federal. Do secretariado atual, outros dois gestores dão como certa a participação do pleito para a Câmara Federal. São eles: Simplício Araújo (Indústria, Comércio e Energia – Seinc) e Julião Amin (Trabalho e Economia Solidária – Setres). Amin, inclusive, foi eleito deputado federal na eleição passada e tentará continuar com sua vaga em Brasília.



Assembleia Legislativa
Para a disputa por um lugar na Assembleia Legislativa, pelo menos quatro secretários do governo do estado vão tentar a sorte nas urnas em outubro. Deputado estadual licenciado e titular da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), Neto Evangelista buscará sua reeleição.

Quem também vai estar na disputa para voltar à Assembleia é o ex-deputado estadual Marcelo Tavares, que já foi, inclusive, presidente da Casa. Experiente, o chefe da Casa Civil do governo tem boas chances de ser eleito e, nos bastidores, comenta-se que sua intenção é ser eleito novamente presidente do parlamento estadual. Essa possibilidade seria vista com bons olhos pelo Palácio dos Leões.

Outros dois secretários estaduais que vão tentar ocupar uma das 42 cadeiras da Assembleia Legislativa pela primeira vez são Márcio Honaiser (Agricultura, Pecuária e Pesca – Sagrima) e Adelmo Soares (Agricultura Familiar – SAF). Este último, em maio do ano passado, foi pivô de um mal-estar com os atuais deputados estaduais. O titular da SAF chegou a dar explicações no plenário da Casa sobre uma suposta utilização do cargo para se beneficiar nas eleições em 2018.

Na disputa
Além dos sete secretários estaduais que já comunicaram que irão concorrer nas eleições deste ano, o governador Flávio Dino já sabe que deverá se preocupar com a substituição de gestores em pelo menos três órgãos estaduais: Agência Metropolitana (Agem), Comissão Central de Licitação (CCL) e o Procon.

Os presidentes destes três órgãos serão candidatos em 2018. Presidente da Agem, o vereador licenciado Pedro Lucas Fernandes sinalizou que estará na briga pela Câmara Federal, substituindo o próprio pai, deputado Pedro Fernandes. Em entrevista a O Imparcial, no fim de 2017, Pedro Lucas afirmou estar pronto para se tornar deputado federal. “A experiência no parlamento municipal exercida nos últimos anos me faz sentir preparado. Por isso, coloco meu nome à disposição do povo maranhense no pleito eleitoral de 2018”, disse à época.

O presidente do Procon, Duarte Júnior, também estará na eleição, só que concorrerá a deputado estadual. Considerado um dos gestores mais midiáticos do governo Flávio Dino, Duarte Júnior tem se destacado com sua atuação pelo estado ao inaugurar várias unidades fixas do Viva/Procon e por levar os serviços do órgão para localidades de menor IDH. Prova disso é que o trabalho de Duarte à frente do órgão é alvo de elogios por parte do governador.

Haverá, ainda, um terceiro presidente de órgão estadual que já manifestou interesse em participar do pleito para deputado. Trata-se de Odair José Santos, presidente da CCL.

Diminuição de secretários
Em julho do ano passado, especulava-se um número maior de secretários que seriam candidatos. No entanto, alguns nomes não vingaram. Exemplo claro é o do secretário de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, que desistiu de disputar o pleito no fim do ano passado. Outro secretário que estaria certamente na eleição seria o ex-titular da Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel), Márcio Jardim. Jardim saiu do governo bem antes e, agora, tenta viabilizar uma candidatura do PT para o Senado.

Ibope: 90% não votariam em candidato que defende governo Temer



Lauro Jardim – Que candidato em campanha terá peito para defender o governo Temer? Uma pesquisa do Ibope feita entre 9 e 17 de dezembro nas dez maiores capitais do Brasil, com usuários de internet das classes A, B e C revela que Temer será um fardo de uma tonelada para se carregar: 90% disseram que não votariam num “candidato que defenda o governo Temer” (5% responderam que “sim”).

Em relação à corrupção, o eleitorado confirma um poderoso mau humor com o governo: 42% e 44% avaliam que o nível de corrupção do governo Temer é igual ou maior do que o registrado nos governos Lula e Dilma. Magros 8% dos entrevistados consideram que hoje a roubalheira diminuiu.

Para Murad, PM não tem competência para assumir Secretaria de Segurança



Pré-candidato ao governo do Maranhão, o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad (PRP) causou polêmica nas redes sociais ao discriminar oficiais e comandantes da Polícia Militar do Maranhão. Em postagem no Twitter, Murad prometeu, caso eleito, escolher o secretário de Segurança através de uma lista tríplice da Polícia Civil, com o objetivo de acabar com um suposto “sucateamento” da classe.

“Vou fazer diferente. O secretário de Segurança será escolhido em lista tríplice votada por todos os integrantes da Polícia Civil. Teremos uma administração profissional”.

A reação foi imediata de críticas, porque ele deixou bem claro que não cogita a hipótese de um PM assumir a função, nem mesmo coronéis.

Por fim, ainda lembrou que já ocupou a função e conhece os desafios, o que torna sua proposta ainda mais preconceituosa com a “briosa”, afinal, são os militares que estão nas ruas e conhecem a realidade da violência no estado.

“No pouco tempo que tive como secretário de Segurança pude compreender o enorme desafio que temos pela frente”.

“Ponto Continuando” volta ao ar nesta segunda-feira



Depois de um breve período de recesso, o Programa “Ponto Continuando” volta ao ar nesta segunda-feira (15/01), às 18h00, na rádio Mais FM (99,9).

Já consolidado no horário, o Programa continua sob o comando dos jornalistas Jeisael Marx, Leandro Miranda e do titular do blog Clodoaldo Corrêa. As abordagens sobre os bastidores da política também continuam de maneira simples e descontraída.

O clima vai ser o mesmo, uma linguagem bem humorada e apimentada, de forma a atrair um público de grande espectro, desde as pessoas mais simples e desinteressadas, passando por ouvintes mais antenados à política.

O “Ponto Continuando”, reestreia amanhã (15/01) na rádio Mais FM, e irá ao ar das 18h às 19h, sempre de segunda à sexta-feira. E essa reestreia vai ser mais do especial, pois o programa chega a sua sension finale (última temporada).

Portanto não perca essa oportunidade de ficar por dentro da política. Sintonize a Mais FM no carro, Vans, táxis, Uber’s, ônibus, em casa, no barco, na roça e saiba tudo dos bastidores do poder.

Silvia Tereza assume diretoria adjunta de Comunicação da Assembleia Legislativa



A jornalista e blogueira Silvia Tereza assumiu nesta sexta-feira (12) como diretora adjunta de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (ALEMA) em substituição ao ex-deputado e jornalista Luís Pedro.

A mudança acontece um dia após a troca de comando na Diretoria de Comunicação da ALEMA, saiu Carlos Alberto Ferreira e entrou Edwin Jinkings.

Os dois novos comandantes da Comunicação da Assembleia trabalham há anos com o presidente da Casa, deputado Otehlino Neto (PCdoB), são portanto, da alta confiança do parlamentar.

E MAIS…

Silvia Teresa é formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e pós-graduada em Marketing na Universidade Cândido Mendes do Rio de Janeiro. Além de atuar em rádio e TV, foi diretora de redação do Jornal O Debate e assessora de Comunicação do governo do Estado nas administrações José Reinaldo Tavares e Jackson Lago (governo interrompido pelo TSE) e no Partido Democrático Trabalhista (PDT). Também foi assessora de imprensa na Câmara Municipal de São Luís e superintendente de Imprensa na Prefeitura de São Luís, na gestão João Castelo, além de vice-presidente do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Do Blog do Domingos Costa.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Programa Moto Legal beneficia quase 30 mil proprietários de motocicletas



Com grande adesão, o Programa Moto Legal retirou da ilegalidade 27.769 veículos nesta edição. A segunda fase do programa teve início no dia 18 de setembro de 2017 e foi prorrogada pelo governador Flavio Dino até a última quarta-feira (10) para beneficiar o maior número de proprietários de motocicletas com descontos na obtenção de licenciamento e quitação de impostos.

Para chegar a esse resultado, o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) realizou ampla divulgação e ações em todo o Maranhão com o objetivo de facilitar a adesão ao programa.

Além dos atendimentos na sede do órgão, na Vila Palmeira, em São Luís, os interessados também tiveram como opção os Postos Avançados ou qualquer uma das 15 Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), em cidades do interior do estado.

De acordo com a diretora geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, o saldo do Moto Legal foi muito positivo. “O programa foi uma excelente iniciativa do Governo do Estado e tirou da ilegalidade milhares de veículos e agora estes proprietários podem transitar tranquilos com o seu veículo legalizado, o que fortalece a promoção da segurança pública”, destacou.

Ciretrans

Fundamental para o sucesso desta edição foi o empenho das 15 Ciretrans do Detran-MA e Postos de Atendimento, que fizeram a ação Dia D em suas sedes e cidades vizinhas para promover adesões ao programa.

“Buscamos levar o programa ao maior número de cidades para assim ampliar o raio de adesão”, disse Iramy Garcia da Silva, chefe da Ciretran de Santa Inês, que atende 29 municípios.

“Trabalhamos com muito afinco, pois sabíamos a importância deste programa, que não é apenas para o motociclista, mas também para a segurança da cidade”, disse Arnaldo Gomes de Sousa, chefe da Ciretran de Balsas que atende 10 municípios.

Moto Legal

O Programa Moto Legal permitiu a legalização do veículo com o pagamento de R$ 50,00 por cada ano de atraso. Desse montante, R$ 20,00 corresponde ao licenciamento, e R$ 30,00 ao IPVA. Ou seja, se a moto estivesse com o IPVA e o licenciamento atrasados há um ano, a quantia a ser paga era de R$ 50,00. Se forem dois anos: R$ 100,00, e assim sucessivamente. O veículo deveria ter o valor venal de ate R$ 10 mil reais.

O programa também ofereceu vantagens para a quitação do IPVA 2017. Nesse caso, o beneficiado foi dispensado de pagar juros e multas por atraso, e ainda teve um desconto de 50% do valor devido. Lembrando que o Moto Legal não inclui a quitação de débitos relativos ao DPVAT, que é de competência federal.

Família confirma morte encefálica do empresário Fernando, porém informam que ainda acreditam em um milagre!

Do Portal Coroatá Online.



A redação do Coroatá Online conversou na manhã desta sexta-feira (12) com filhos e irmãos do empresário Fernando, proprietário do Armazém Potiguar, em Coroatá. Eles decidiram divulgar um pequeno comunicado, em razão dos muitos boatos compartilhados nas redes sociais, sobre a situação a qual se encontra o empresário.

Oficialmente, está confirmado a morte encefálica. Após exames e todo o protocolo para chegar ao resultado, os médicos concluíram o diagnóstico. Apesar disso, a família foi unanime em acreditar que o quadro será revertido.

“O Fernando tem muitos amigos aqui em Coroatá, é uma pessoa muito querida e por isso entendemos que dar uma informação oficial sobre seu estado de saúde é muito importante. A verdade é que os médicos confirmaram a morte encefálica dele (Fernando), eles conversaram com toda a família e nós entendemos, mas todos juntos decidimos que vamos acreditar no milagre. Para nós ele continua vivo, entendemos assim, está apenas com um grave problema de saúde. Enquanto o coração dele continuar batendo, o sangue circulando, nós acreditaremos e vamos continuar orando à espera de um milagre. Pedimos que os irmãos em fé, amigos, conhecidos, reforcem essa corrente porque nós acreditamos no milagre”, comunicaram os familiares.

O início

Fernando passou mal na sexta-feira (05) e foi atendido na UPA de Coroatá. Em seguida decidiu ir para Teresina realizar exames, lá os médicos descobriram a existência de uma grave doença. Poucas horas depois, a informação era de que o empresário se encontrava internado na UTI do Hospital ProntoMed, em coma induzido. Desde então não apresentou melhoras. Nesta quinta-feira (11) foi confirmada a morte encefálica do empresário.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Mudança de comando – Edwin Jinkings assume Comunicação da Assembleia Legislativa



O jornalista Edwin Jinkings Rodrigues, pós-graduado em Marketing Político, assume, nesta quinta-feira (11), a direção geral do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão em substituição ao ex-diretor Carlos Alberto Ferreira por determinação do presidente da Casa, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB).
Edwin Jinkings iniciou carreira no jornalismo impresso. Entre outros cargos exercidos, foi chefe da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente; superintendente de Comunicação do Porto do Itaqui; secretário de Comunicação das prefeituras de São Luís e Imperatriz, e mais, recentemente, comandou a Comunicação da presidência do Tribunal de Contas do Estado.
Também já coordenou algumas campanhas eleitorais.