sábado, 22 de novembro de 2014

Júlio do Moisés, apoiador de Ricardinho Acher, pode ser o próximo vereador de Coroatá

Júlio do Moisés poderá ser vereador de Coroatá
Do blog do Acélio Trindade, com edições

Para os comunicadores ele é Julio Publicidade, competente comunicador, exímio apresentador de palanque político. Em Coroatá é Julio do Moisés, nome que demonstrou, apoiando o candidato a deputado federal Ricardinho Archer (PSL) naquela cidade, que pode disputar uma vaga na Câmara Municipal nas próximas eleições.

Ricardinho, com o apoio de Júlio, obteve 1.307 (mil trezentos e sete) votos nas eleições de 2014 em solo coroataense.

Caso Julio do Moisés venha alimentar este desejo de ser vereador em Coroatá, é só trabalhar para manter este carisma que demonstrou apresentado aos coroataenses o filho do ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer.

É possível chegar à Câmara, basta continuar trabalhando sem perder o foco. Esta não seria a primeira empreitada do coroataense para a vereança, em 2012 disputou uma vaga para a Câmara Municipal de Peritoró, onde figurava como suplente, até a troca de domicílio eleitoral.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Simplício Araújo recebe mais informações da secretaria de Desenvolvimento, Indústria e Comércio


O deputado e futuro secretário de estado de desenvolvimento, Indústria e Comércio do Maranhão - SENDIC, Simplício Araújo, se reuniu na manhã desta sexta-feira (21) com o atual secretario da pasta, Maurício Macedo. Acompanhado de sua equipe de transição, o deputado recebeu do secretario parte da documentação solicitada na primeira reunião que ocorreu na semana passada. 

O atual secretário apresentou projetos, obras e programas que estão em andamento em diversas regiões do estado e falou da importância da pasta para o desenvolvimento do Maranhão, "A Sedinc é hoje uma secretaria importantíssima para todos os setores do estado e este trabalho precisa continuar de forma responsável, acredito que Simplício terá exito", disse Macedo.

Simplício Araújo reiterou sua disposição de trabalhar pelo crescimento do estado: "teremos um grande desafio, estamos recebendo as primeiras informações que solicitamos e vamos começar a conhecer ainda mais a secretaria que ajudará na revolução do nosso estado junto com o governador Flávio Dino", ressaltou Araújo.

Estavam presentes na reunião, o atual secretário adjunto, David Fernandes, e equipe de transição composta pelo membros, Luiz Junior (economista), Sérgio Sombra (empresário), Expedito Junior (advogado), Ronnes Reis (empresário), Páblo Lima (assessoria) e Saulo Mendonça (contador).

Ficha-suja Odair José deverá indicar novo gerente regional da Educação

Odair e seu deputado federal.
Por ainda constar na lista de "fichas sujas" do Tribunal de Contas do Estado - TCE, o ex-secretário de educação de Coroatá, Odair José (PDT) não poderá assumir a gerencia de educação da regional dos cocais por conta da lei do deputado Zé Carlos (PT) e sancionado pela governadora Roseana Sarney, que proíbe a indicação de fichas sujas em cargos no governo.

Segundo informações, Odair já teria acertado com o deputado federal Weverton Rocha (PDT), que já se diz "dono" da Secretaria de Estado de Educação, indicar uma pessoa de sua inteira confiança para o cargo, Weverton foi apoiado pelo ex-secretário e obteve 2.027 votos já sonhando com a gerência que hoje é comandada pela testa de ferro de Ricardo Murad, a professora Regina de Fátima.

Prova de que Odair consta na lista de fichas sujas do TCE/MA.

Flávio Dino anuncia Márcio Jardim para a secretaria de Esporte

Márcio Jardim, da Resistência Petista
Da ASCOM, com edições

Em comunicado pelas redes sociais na manhã desta sexta-feira, 21, Flávio Dino (PCdoB) anunciou o nome do petista Márcio Jardim para assumir a Secretaria de Estado de Esporte a partir do primeiro dia do próximo ano. Durante a campanha, o governador eleito não se esqueceu de destacar a importância do incentivo às atividades esportivas no Maranhão como ferramenta de inclusão social.

O Programa de Governo, documento disponível na internet para consulta também apresenta metas para a gestão. Entre elas, a interiorização da política de esporte, a reorientação da política da lei de incentivo e o investimento em infraestrutura.

Nas últimas eleições, Jardim candidatou-se a deputado federal e percorreu todo os estado fazendo sua campanha de forma irreverente e embora oficialmente seu partido, o PT, tivesse na coligação dos opositores a Flávio Dino foi com a caravana do comunista que ele andou. Há muito integrante do Partido dos Trabalhadores do Maranhão, é amigo pessoal do presidente do PCdoB de Coroatá, Ciba Araújo, que assim que soube ligou para cumprimentar-lhe, assim como tem feito com os demais nomes anunciados ao longos dos últimos meses.

Conheça o perfil do novo indicado:

MÁRCIO JARDIM – Secretaria de Esporte

Graduado em História (UFMA), Márcio Jardim é professor da rede pública estadual de ensino. É ex-vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), foi secretário de relações institucionais e federativas da Prefeitura de Maricá (RJ) e também da Prefeitura de São Luís (MA).

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

“O Maranhão será um estado que nos dará orgulho”, diz Flávio Dino em entrevista a TV Mirante

Da Ascom

O governador eleito Flávio Dino participou de entrevista à TV Mirante nesta quinta-feira (20). Ao anunciar ações que desenvolverá a partir de 1º de janeiro para cumprir as metas apresentadas à população durante a campanha eleitoral, afirmou que em quatro anos o Maranhão terá melhores indicadores sociais e econômicos.

“O Estado vai caminhar para o desenvolvimento de modo inclusivo, de desenvolvimento para todos. O Maranhão nos dará mais orgulho e vai continuar a ser bom, belo e rico, mas com uma diferença, será para todos. Vamos trabalhar para honrar a esperança de cada maranhense em um governo melhor”, disse Flávio Dino.

Durante a entrevista, o governador eleito falou da composição de sua equipe. Até agora, 36 nomes já foram anunciados, entre secretários, presidentes e diretores de órgãos. A escolha de cada novo integrante da próxima administração visa também à garantia de que as metas estabelecidas na campanha sejam implementadas a partir de políticas públicas, da universalização dos serviços públicos e da boa aplicação do recurso.

Regionalização das universidades

Flávio Dino voltou a destacar que pretende regionalizar a estrutura Universidade Estadual do Maranhão. A proposta será colocada em prática, inicialmente, na cidade de Imperatriz, por considerar a cidade como a segunda capital do Maranhão, pela importância econômica e cultural e pela distância geográfica com São Luís. A medida visa dar mais autonomia administrativa e financeira à estrutura a fim de melhorar a oportunidade aos jovens de alcançarem o ensino superior.

Segurança pública

Na área de segurança pública, Flávio Dino defende que com empenho e novas práticas reverterá o cenário atual da área. Desde o início da gestão, será ampliado, progressivamente, o número de policiais. Além disso, apresenta como primeiras ações a recuperação da autoridade do Estado no sistema penitenciário, colocar em funcionamento de novas unidades prisionais em construção com recursos federais e humanizar a execução penal.

Mobilidade urbana

Para a Grande Ilha, há também propostas da nova gestão. Uma delas é a Empresa de Transportes Urbanos que terá como prioridade atuar no setor de mobilidade urbana em parceria com as prefeituras dos quatro municípios – São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Desenvolvimento social e econômico

Outro compromisso de campanha foi relembrado durante a entrevista. Flávio Dino voltou a frisar que os 21 municípios maranhenses com piores índices sociais receberão uma atenção especial do próximo governo. Para isso, serão dirigidas políticas de direitos humanos, de inclusão social e ações em parceria com o governo federal. Também como ponto de desenvolvimento, o cuidado à economia real, a verticalização das cadeias produtivas e o envolvimento de todos os órgãos estaduais na execução de políticas de melhoria econômica e social.

Diálogo com governos

Flávio Dino defendeu o diálogo aberto e responsável com a Assembleia Legislativa e disse também que acredita que todos os projetos federais vão estar à disposição dos maranhenses. “Vamos propor medidas de interesse social, por isso creio que não haverá problema de governabilidade”, afirmou. Ainda sobre o assunto, disse que espera maior empenho do atual governo no processo de transição. “Esperamos intensificação na prestação de dados e informações. As informações não são de interesse da próxima gestão, mas é de interesse da população”, observou.

Para assistir à entrevista clique no player abaixo:

 

Simplício Araújo acompanha eleição do novo presidente do SEBRAE-MA



O deputado federal e futuro secretário de Desenvolvimento, Industria e Comercio do Maranhão (Sendinc), Simplício Araújo participou como convidado de honra da reunião da reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão (CDE), realizada na manhã da última quarta-feira, 19, onde os conselheiros elegeram, por unanimidade, o novo presidente que conduzirá a instituição no quadriênio 2015-2018. Atual presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), o empresário Edilson Baldez das Neves, que também é conselheiro do Sebrae no Estado, terá o desafio de presidir também a casa que apoia a microempresa e empresa de pequeno porte, em substituição a Claudio Donizete Azevedo.

Simplício representou o governador eleito, Flávio Dino e reiterou o compromisso de campanha do futuro chefe de Estado em formar, desde o primeiro mês de governo, um conselho onde as entidades representativas de classe serão ouvidas e poderão colaborar com o poder público para o crescimento do Maranhão.

“Estamos à disposição de todas as entidades e organismos que se interessam pelo desenvolvimento do Estado. Não podemos, de maneira alguma, conduzir este de maneira isolada, sem a parceria da iniciativa privada. Portanto, contamos com todos nesta construção que vai nos lançar a um lugar melhor do que estamos hoje”, reforçou o futuro secretário de Estado.

Enquanto Ricardo Murad festeja retorno de esposa, Assembléia se prepara para cassá-lo

Do blog do Ricardo Santos, com edições breves

Enquanto no Poder Legislativo os deputados querem a cabeça de Ricardo Murad numa bandeja, no Poder Judiciário, deu Murad na cabeça…

A prefeitura de Coroatá, uma das tantas comandadas pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad, retorna ao seu controle. Como pôde o TRE trazer de volta ao poder, assim, tão rápido, uma prefeita que usou e abusou do cargo para fazer “obras eleitoreiras” em pleno período vedado pelo TSE?

Ricardo Murad, montado na Secretaria de Estado da Saúde, elegeu esposa, filha, genro, etc…

A decisão liminar que devolveu aos cargos da prefeita de Coroatá à Teresa Murad e sua a vice, Neuza Muniz, partiu do juiz eleitoral, Daniel Blume, que fez jus às palavras do (ainda) todo poderoso secretário do governo Roseana Sarney, Ricardo Murad.

Nas palavras de Murad, a decisão da juíza da comarca de Coroatá, “foi um equivoco sem tamanho” cassar uma prefeita por cavar poços artesianos durante a campanha eleitoral. Esquecendo a decisão do desembargador, gostaria de trazer a tona uma revelação feita no inicio da semana por um deputado da oposição, que foi chamado pelos deputados da base governista “para assinar um documento contra o secretário de Saúde”.

Segundo o deputado, que é da oposição, Ricardo Murad, “montado nos cofres públicos se entrometeu nas bases eleitorais de vários deputados, garantindo a eleição da filha, do genro, até de um alienígena (termo usado para destacar um candidato que é natural de outro estado), Ricardo Murad, feito um trator, passou por cima de tudo, sendo que muitos deputados tiveram perdas, alguns voltaram, outros não tiveram tanta sorte e ficaram na suplência”.

Mas não vai ficar sem vingança.

O documento que consta várias assinaturas, com várias provas contra a gestão do secretário, pode anular de vez sua intenção de se candidatar a governador do Maranhão. “Desta vez passou, mas, da próxima, não vai ter juiz ou desembargador capaz de livrá-lo”, garantiu um deputado.

No dia da Consciência Negra o governador eleito Flávio Dino anuncia o secretário de Igualdade Racial

Gerson Pinheiro
Entre os quatro nomes de futuros secretários de governo do próximo governador Flávio Dino (PCdoB) anunciados na manhã desta quinta-feira, 20, Dia Nacional da Consciência Negra, por lembrança da morte do líder negro Zumbi dos Palmeiras, está o nome do próximo secretário da Igualdade Racial, o geólogo Gerson Pinheiro.

Gerson Pinheiro passará a integrar a equipe de governo a partir de 1º de janeiro com a meta de desenvolver políticas públicas para promoção da igualdade constitucional e legal em favor dos segmentos sociais discriminados - com atenção especial aos negros, que representam 74% da população do estado.

O próximo secretário, filiado ao partido do governador, foi candidato ao parlamento estadual nas últimas eleições e recebeu o apoio ideológico e voluntário dos diretores da sua agremiação em solo coroataense, Sebastião Araújo e Leandro Neto Brito, respectivamente presidente e secretário, possuindo estreita ligação com o município de Coroatá, tendo inclusive parentes na cidade.

Conheça o perfil dos novos indicados:

GERSON PINHEIRO – Secretaria de Igualdade Racial

Gerson Pinheiro é geógrafo (UFMA), integra a direção da União de Negros Pela Igualdade (Unegro-MA), é vice-presidente do PCdoB-MA e membro da direção nacional do partido. Foi militante do movimento estudantil, comunitário e sindical, participou da fundação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias dos Estados do Maranhão Pará e Tocantins (STEFEM) e integrou o Sindicato dos Metalúrgicos de São Luís.

Governador eleito Flávio Dino anuncia nomes para a Educação e mais três secretarias

Áurea Prazeres, mais uma indicação do PDT
Do Imparcial, com edições

Revelados nomes dos indicados para as secretarias de Educação, Igualdade Racial, Agricultura e da Mulher.

Mais quatro nomes foram anunciados pelo governo eleito em 2015 e que assumirá no próximo dia 1º de janeiro. Os indicados foram a professora da rede estadual Aurea Prazeres para a secretaria de Educação, Gerson Pinheiro como secretário de Igualdade Racial, o engenheiro e empresário rural de Balsas, Marcio Honaiser, para a secretaria de Agricultura e a pedagoga Laurinda Pinto para a Secretária da Mulher.

O comunicado foi feito através das redes sociais pelo perfil do novo governador eleito Flávio Dino (PCdoB) e pela página oficial do novo governo

Atualmente Áurea Regina dos Prazeres Machado é secretaria adjunta de Educação da Prefeitura Municipal de São Luís. Além de integrar o governo Edivaldo Júnior, Áurea Prazeres já foi adjunta de Moacir Feitosa na gestão de Tadeu Palácio na capital maranhense.

No caso de Honaiser, o pedetista chegou a ser indicado como candidato a vice-governador de Flávio Dino, mas foi preterido com a chegada do PSDB.

Assim como Honaise, Áurea também é uma indicação na cota do PDT do deputado federal Weverton Rocha e Odair José que, com a indicação de Julião Amin para a pasta do Trabalho há alguns dias, a agremiação chega a possuir três secretarias.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Decisão temporária adia posse de prefeito interino e devolve os cargos de Teresa Murad e Neuza Muniz

Foto: reprodução/Internet
Tão somente penduradas por uma liminar que suspende temporariamente a decisão da juíza Joseana Braga, da 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, concedida na manhã desta quarta-feira (19) pelo  Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão - TRE/MA, a prefeita Teresa Murad e  sua vice Neuza Muniz (ambas do PMDB) retornam aos seus cargos e o quase ex-secretário Ricardo Murad recupera seus direitos políticos, saiba mais sobre este instrumento jurídico clicando aqui.

O deferimento da liminar em medida cautelar impetrada pelos advogados do ainda secretário Ricardo Murad foi concedido pelo juiz eleitoral Daniel Blume e impediu a posse do presidente da Câmara Municipal, vereador Cesar Trovão (PV), que estava marcada para esta manhã de hoje.

A defesa da Coligação “Coroatá Crescendo com Liberdade”, que teve o petista Domingos Alberto (PT) como candidato, lamentou e disse que irá recorrer imediatamente para cassar esta decisão, aproveitou ainda para alertar que tal instrumento tem duração limite de apenas 30 dias, enquanto o processo aguarda julgamento do pleno do TRE/MA.

"Seguimos confiantes, pois o juiz julgou sem ver as provas, mas quando estas chegarem ao tribunal todos decidirão ao nosso favor", declarou a nossa reportagem o advogado da coligação, Joaylton Veras

Advogado no processo que cassou a prefeita Teresa Murad, Davi Telles será presidente da CAEMA no governo Flávio Dino

O governador eleito Flávio Dino (PCdoB) anunciou nas primeiras horas desta quarta-feira, 19, alguns nomes para compor a equipe do seu governo que inicia no próximo dia 1º de janeiro, como Marcellus Ribeiro (Fazenda), Marcelo Coelho (Meio Ambiente) e Francisco Alberto Gonçalves (IEMA, a ser criado). Mas o que nos chamou atenção e nos animou foi a indicação do advogado Davi Telles para presidência da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão - CAEMA.

O próximo presidente da autarquia com  ramificações em Coroatá foi advogado na ação investigativa, juntamente com o coroataense Joaylton Veras, que cassou o mandato da prefeita Teresa Murad (PMDB) na última quinta-feira, 13, e que estará no processo até assumir suas novas funções.

Esta mesma ação, não podemos esquecer, cassou ainda os direitos políticos do secretário Ricardo Murad, que é quem controla a CAEMA atualmente através da sua Secretaria de Estado de Saúde - SES.

Durante esta semana, antes de saber que seria anunciado por Dino como futuro integrante de sua equipe, Telles esteve reunido na capital do estado com Domingos Alberto e comemorou a decisão da justiça eleitoral.

É da Caema uma das propostas mais ousadas de Flávio Dino. Através do Programa Água para Todos, ele pretende melhorar os serviços oferecidos à população. A proposta estadual dialogará com o programa nacional, reforçando as parcerias e buscando a ampliação do atendimento nos municípios quanto ao abastecimento de água e acesso a banheiro nas casas dos maranhenses. Para a nova gestão da Caema, o governador eleito também defende a recuperação da estrutura e valorização dos profissionais da Companhia.

DAVI TELLES – Diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema)

Davi Telles é mestre em Direito Social pela Faculdade de Direito da Universidade Sorbonne (Paris), professor universitário e da pós-graduação de Direito do Trabalho da Universidade Ceuma. É advogado graduado pela Universidade Cândido Mendes (Rio de Janeiro). Há nove anos, atua na defesa de sindicatos de trabalhadores no Maranhão - tendo atuado também na advocacia sindical no Rio de Janeiro. Davi Telles tem forte atuação na defesa de movimentos sociais e população em situações de risco.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Para evitar a posse do oposicionista Marcelo Moura na Prefeitura, o governista César Trovão reaparecerá amanhã, 19

Foto: Reprodução/Internet
Desde ontem, 17, "desaparecido" de Coroatá, possivelmente sob a orientação do secretário Ricardo Murad na intenção de "embaralhar" o cumprimento da decisão judicial, o vereador e presidente do parlamento municipal César Trovão (PV) anuncia a sua reaparição apoteótica na cerimônia de posse do prefeito interino do município de Coroatá convocada para as 11 horas de amanhã, 19, conforme já publicamos aqui anteriormente.

Assim que souberam da possibilidade do vereador oposicionista Marcelo Moura (PTC), 2º vice-presidente, assumir a chefia do executivo na ausência ou impedimento dos primeiro e segundo na linha de sucessão, aliados deram início ao anúncio do retorno de Trovão a solo coroataense, o que ocorreu antes mesmo da convocação da juíza eleitoral, Josane Farias Braga, entregue ao 1º vice-presidente Josean Veras (PSC) no início da tarde.

Embora saiba que como prefeito interino o oposicionista Moura pouco pudesse fazer no comando da caneta em apenas quarenta dias, não é interesse de Murad permitir que um inimigo político seu sente na cadeira de prefeito, lugar que deseja ardentemente recuperar para sua esposa o quanto antes, tendo chances para evitar tamanho constrangimento (apenas mais um).

Mesmo ainda não tendo protocolado o recurso junto a Justiça Eleitoral, conforme apuramos (o prazo se extingue ao final do expediente desta quarta-feira), o ainda deputado licenciado mandou anunciar, ou estão anunciando sem o seu conhecimento, uma reviravolta neste caso para muito próximo.

Ao programa Revista da Cidade, o advogado Joaylton Veras diz que acredita que o TRE-MA manterá a decisão se provocado

O apresentador Dida Jansen recebeu na edição da tarde desta terça-feira, 17, o advogado da Coligação "Coroatá Crescendo com Liberdade", Joaylton Veras, que falou sobre a decisão da juíza eleitoral que cassou o mandato da prefeita Teresa Murad e sua vice Neuza Muniz (ambas do PMDB).

Durante a entrevista, Veras elogiou a peça escrita pela juíza, segundo ele o texto é digno de "virar um best-sellers".

Interrogado pelo âncora sobre a possibilidade da manutenção da decisão de primeira instância no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão - TRE/MA, o advogado respondeu dizendo que é "uma tendência que o colegiado confirme a decisão, pois é formado por desembargadores federais de reputação reputação ilibada e com respeito pelo direito".

Ainda para exemplificar a gravidade das provas apresentadas, caso seja necessário levar o processo ao Tribunal Superior Eleitoral - TRE, Veras tomou como exemplo a cassação do saudoso ex-governador Jackson Lago em 2009, dizendo que este possui provas ainda mais robustas.

Ouça a entrevista completa clicando no nosso player.

Aparentemente calmo Ricardo faz primeira reunião com novo secretário de saúde

Ricardo Murad com equipe de Flávio Dino em reunião de transição
Do blog do Minard, com breves edições

Aparentando calma e serenidade o quase ex-secretário de estado de Saúde, Ricardo Murad, teve sua primeira reunião de transição da pasta com seu sucessor Marcos Pacheco.

Ricardo disse que o que depender dele o processo irá acontecer de forma pacífica e com total transparência. A reunião teve a participação dos advogados e também secretários no próximo governo Rodrigo Maia (Procuradoria Geral) e Rodrigo Lago (Transparência e Controle) por parte da nova equipe, e da presença do subsecretário Marcio Leite por parte da atual gestão.

Ficou combinado que Ricardo só será chamado para uma próxima reunião se realmente for necessário, e que todo o processo de transição será comandado pelo médico Leite.

Ricardo passará a se ocupar agora com a cassação de sua esposa e da sua condição de direitos políticos cessados pelos próximos oito anos.

Enquanto isso em sua cidade Coroatá, continua a corrida de gato e rato entre o oficial de justiça e o presidente da Câmara, na tentativa de oficializar a cassação de Teresa Murad.

Juíza Eleitoral marca posse de prefeito interino para a manhã desta quarta-feira,19

Foto: Reprodução/ASCOM/PMC
A juíza da 8ª Zona Eleitoral, Josane Farias Braga, encaminhou notificação na tarde desta terça-feira, 18, por volta das 15hs, ao 1º vice-presidente da Câmara Municipal, Josean Veras (PSC) que se encontrava na sua residência no centro da cidade, estando ausente o seu presidente César Trovão (PV), irmão da prefeita cassada.

Documento encaminhado pela magistrada informou ao vereador a posse do prefeito interino do município de Coroatá para as 11 hs da manhã desta quarta-feira, 19, no Fórum Eleitoral Desembargador Caetano Martins Jorge, em uma cerimônia restrita.

A posse ocorrerá de qualquer forma, mesmo que o presidente ou o 1º vice-presidente não estejam presentes, nesta hipótese o 2º vice-presidente da Câmara Municipal, Marcelo Moura (PTC) será empossado e se este não estiver presente, sucedem os vereadores Camilo Garret (DEM) e Wllisses Muniz (PMDB).

Extra! Extra! Com as ausências de César Trovão e Josean Veras, o oposicionista Marcelo Moura poderá ser prefeito interino de Coroatá

Marcelo Moura (PTC)
Uma oficiala da Justiça Eleitoral acompanhado de dois policiais militares da Diretoria de Segurança Institucional do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão - TRE/MA esteve na Câmara Municipal na manhã de hoje, 18, para entregar um ofício à secretária parlamentar solicitando informações sobre possivel pedido de licença do seus presidente e 1º vice-presidente, César Trovão (PV) e Josean Veras (PSC), respectivamente, mas esta também não foi encontrada.

Os vereadores oposicionistas Cássio Reis (PSDB) e Marcelo Moura (PTC) estavam no prédio e receberam o documento e conversaram com a oficiala. Sendo o 2º vice-presidente daquela Casa, Moura é o terceiro na linha de sucessão para assumir o cargo de prefeito interino do município de Coroatá, o que poderá ocorrer nesta tarde, se os dois "fugitivos" não reaparecerem.

Enquanto isso...

Foto: Reprodução/Internet
O secretário Ricardo Murad, que ainda não deu entrada no recurso ou medida que possa reverter, mesmo que temporariamente, a decisão da juíza da 8ª Zona Eleitoral, Josane Farias, até o final do expediente dos tribunais no dia de ontem, 17, busca tranquilizar através de declarações, recados e mensagens aos seus aliados dizendo que "até a próxima sexta-feira reverterá o equívoco e o mandato e direito político será devolvido a prefeita".

Prazo para apresentação de recurso se estende atende até o final do expediente de amanhã, 19, tendo em vista os três dias subsequente após a publicação da decisão no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral, o que ocorreu no dia de ontem.

Conforme noticiamos, o vereador César Trovão (PV) não foi encontrado para receber a intimação e convocar a sessão solene que o empossará prefeito provisoriamente. O cargo, porém, já é considerado, mas poderá ser ocupado até o início da noite desta terça-feira, 18.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Sumiu? O vereador César Trovão não foi encontrado para receber intimação

 
O presidente da Câmara Municipal, César Trovão (PV), que assumirá a prefeitura de Coroatá provisoriamente após a cassação do mandato de Teresa Murad e sua vice Neuza Muniz (ambas do PMDB) foi procurado na tarde desta segunda-feira, 17, por oficial de justiça a mando da juíza da 8ª Zona Eleitoral, Josane Farias, para entregar-lhe o mandato de intimação. Mas o vereador e irmão da prefeita cassada não foi encontrado em sua residência para receber o documento que deverá ser entregue apenas a ele.

Possivelmente a ausência do parlamentar de sua residência tenha sido proposital e sob orientação do secretário Ricardo Murad para "embaraçar" o cumprimento da decisão.

Assim que receber a intimação o presidente deverá convocar com urgência uma sessão solene da Câmara Municipal, na qual será empossado.

A juíza, que se encontra no município, deverá decidir nas próximas horas sobre os encaminhamentos seguintes.

O tempo e a política em terras coroataenses

Foto: Arquivo pessoal
Por Elielton Fernandes, professor

O tempo é algo surpreendente, ele me ensina que, a vida enquanto teatro real gira em torno da lei da ação e reação, pois evidencia que o bem e o mal que direcionamos para os outros, nos retorna na mesma ou maior intensidade. Esta tese vale, também, para a política, uma vez que esta é uma atividade humana onde ações e sentimentos estão envolvidos.

Em 2009, presenciei o ex-governador Jackson Lago, hoje falecido, ser expulso do Palácio dos Leões por meio de um processo que pulou instancias judiciais, tudo para satisfazer aos caprichos dos modernos capitães hereditários (Sarney, Lobão, Murad), reclamantes do mesmo. A população que, credenciou seu voto, sua confiança e esperança de dias melhores no projeto de Lago ficou frustrada ao ver a sua opinião jogada no lixo, descartada pela alta corte judicial. Com esta decisão, Roseana Sarney – a princesa Isabel da terra de Gonçalves Dias – tornou-se governadora e, Ricardo Murad, secretário de Saúde, entendendo desta área o tanto que entendo de francês. 

Com a mudança no cenário político, Murad tornou-se muito poderoso e, iniciou uma verdadeira perseguição política a seu principal opositor no município, o então prefeito, Luís da Amovelar que, de fato fazia um governo com resultados abaixo do esperado. Senti que o governo deste estava liquidado, com poucas possibilidades de sucesso. Enquanto isso, Murad valia-se de todos os órgãos do estado para alcançar seu grande objetivo: eleger sua esposa prefeita do município. O tempo passou e, 2012 chegou. Murad realizou uma campanha financeiramente robusta, abriu instituições estaduais dentro do período eleitoral, servindo de cabide de votos e fazendo os munícipes agradecerem por estes serviços, como se os mesmos fossem favores e não a concretização de direitos constituídos. Além disso, usou de seu prestígio e poder para intimidar militantes políticos do adversário de sua mulher, estando acima do bem e do mal. Venceu a eleição, mas trouxe consigo as mesmas características do passado para a administração: perseguição e centralização de poder.

Como professor do município, presencio o modo autocrático desta administração, mas não me calo, não fico omisso, não estudei durante anos numa academia e tampouco estudei com afinco para passar em um concurso público e ficar calado diante de tamanhas injustiças. Mas, nos últimos dias as coisas mudaram, Murad vem perdendo parte do poder de outrora, vendo sua esposa cassada por abuso de poder político e econômico nas ultimas eleições, deixando a administração instável.

Diante do ocorrido, tenho a certeza que tudo isso faz parte da lei do retorno em que o tempo é juiz.

Elielton Fernandes é pedagogo pela UEMA e professor concursado da rede municipal de ensino em Coroatá

Justiça do Trabalho multa e proíbe atuação do SINTRAF, sindicato rural ligado ao clã Murad

A Vara do Trabalho de Caxias julgou procedente uma ação movida pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Codó - STTR, em parceria com outros sindicatos da região, inclusive de Coroatá, contra o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Codó – SINTRAF, que também atua nos municípios de Timbiras, Peritoró e Coroatá através de suas filiais, sob a alegação que a existência deste último fere princípios constitucionais que proíbe "a criação de mais de uma organização sindical, em qualquer grau, representativa de categoria profissional ou econômica, na mesma base territorial, que será definida pelos trabalhadores ou empregadores interessados".

Segundo a decisão proferida pelo juiz Fábio Ribeiro Sousa, o referido sindicato deve abster-se de imediato de qualquer ato de representação sindical da categoria e ainda multou a entidade em 10.000,00 (dez mil reais), o não cumprimento da decisão é cabível de pena de execução extensível aos seus diretores.

O SINTRAF foi notificado através de correspondência enviada pelos Correios ainda em setembro, mas somente no dia 09 deste mês o Tribunal Regional do Trabalho – TRT 16ª Região enviou comunicação a Agência da Previdência Social em Coroatá, o antigo INSS, para suspender os atos do sindicato referente a solicitação de benefícios sociais e no dia seguinte notificou os diversos cartórios coroataenses que, caso já tenha efetuado o registro, promova o cancelamento do seu registro jurídico, sob pena de configuração do delito de desobediência.

Organizada em Coroatá no ano 2011, a representação do SINTRAF, que nasceu através da mobilização de dissidentes do STTR, contou desde o início com a contribuição de pessoas ligadas ao grupo de Ricardo Murad, especialmente da assistente social Neuza Muniz, naquela época ainda vereadora oposicionista, e desde então se manteve controlado por pessoas ligadas ao grupo, tendo, inclusive, indicado no início do governo da ex-prefeita Teresa Murad (PMDB) a sua então presidenta para a Secretaria Municipal de Agricultura, a senhora Maria do Rosário, que ainda se encontra no cargo.

Conforme apuramos, apesar da decisão, a filial coroataense do SINTRAF continua em funcionamento e busca reverter a decisão em instâncias superiores.