.

.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Estado quer aumentar participação de micro e pequenas empresas em compras governamentais‏



O governo do Maranhão está estudando o modelo de sistema informatizado de compras governamentais que será adotado para garantir o aumento da participação das micro e pequenas empresas no fornecimento para o Estado. A medida está sendo discutida pela Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Seinc) em cumprimento às metas de gestão estabelecidas pelo governador Flávio Dino.

Na terça-feira (20), o secretário da Seinc, Simplício Araújo, realizou reunião com o consultor da empresa Paradigma Business Solution, Luiz Alberto Galafassi, que apresentou um modelo de sistema informatizado de compras governamentais. A reunião contou com a participação de representantes da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) e da Caixa Econômica Federal (CEF).

No encontro, foram apresentados relatos de trabalho de clientes da empresa Paradigma, como o governo de Pernambuco e a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), que já utilizam o sistema. Para o secretário Simplício Araújo, a ideia é otimizar a base de fornecedores do estado.

“A nossa intenção é reunir os cadastros já existentes do Programa de Fornecedores do Maranhão (PDF) e das empresas inscritas no ‘made in Maranhão’, preservando as características de cada programa, para que possamos criar um ambiente de informações que nos permitam identificar melhor cada empresa”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário