.

.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

"Não há nenhuma definição", diz vereador Cássio Reis sobre sua ida para a equipe da Secretaria de Estado de Assistência Social no governo de Flávio Dino

Cássio Reis e Neto Evangelista
Em conversa com a nossa reportagem durante a reunião com lideranças políticas coroataenses que ocorreu em São Luís no dia de ontem, 24, o vereador Cássio Reis (PSDB) falou sobre o convite que recebeu do deputado estadual e futuro secretário de estado de Assistência Social, Neto Evangelista (PSDB), para compor a sua equipe durante o governo Flávio Dino (PCdoB) a ser iniciado a partir do próximo dia 1º de janeiro.

O parlamentar disse que ainda não há nenhuma definição, mas que se sente muito honrado com o convite e que esta não é uma decisão das mais fáceis, embora saiba que se vier aceitar desafio poderá contribuir ainda mais com a melhoria da qualidade de vida da população coroataense e de todo estado, mas ausentar-se do município de Coroatá e, consequentemente, do parlamento lhe traz uma grande indecisão.

Após conversar com familiares, colaboradores do seu mandato e com outras lideranças políticas o parlamentar deve retornar nos próximos dias ao futuro secretário para apresentar a conclusão de sua reflexão.

Enquanto isso, o suplente do seu mandato, o advogado Carlos Portela (PSDB), aguarda ainda mais ansioso para o possível afastamento de Cássio Reis, pois, se o fato vier a se concretizar, assumirá os próximos anos, com a oportunidade que deseja para mostrar a atuação forte e aumentar ainda mais as suas chances na eleição municipal que ocorrerá daqui a dois anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário