.

.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Decisão temporária adia posse de prefeito interino e devolve os cargos de Teresa Murad e Neuza Muniz

Foto: reprodução/Internet
Tão somente penduradas por uma liminar que suspende temporariamente a decisão da juíza Joseana Braga, da 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, concedida na manhã desta quarta-feira (19) pelo  Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão - TRE/MA, a prefeita Teresa Murad e  sua vice Neuza Muniz (ambas do PMDB) retornam aos seus cargos e o quase ex-secretário Ricardo Murad recupera seus direitos políticos, saiba mais sobre este instrumento jurídico clicando aqui.

O deferimento da liminar em medida cautelar impetrada pelos advogados do ainda secretário Ricardo Murad foi concedido pelo juiz eleitoral Daniel Blume e impediu a posse do presidente da Câmara Municipal, vereador Cesar Trovão (PV), que estava marcada para esta manhã de hoje.

A defesa da Coligação “Coroatá Crescendo com Liberdade”, que teve o petista Domingos Alberto (PT) como candidato, lamentou e disse que irá recorrer imediatamente para cassar esta decisão, aproveitou ainda para alertar que tal instrumento tem duração limite de apenas 30 dias, enquanto o processo aguarda julgamento do pleno do TRE/MA.

"Seguimos confiantes, pois o juiz julgou sem ver as provas, mas quando estas chegarem ao tribunal todos decidirão ao nosso favor", declarou a nossa reportagem o advogado da coligação, Joaylton Veras

Nenhum comentário:

Postar um comentário