.

.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Neto Evangelista deve pedir que CPI da Petrobras investigue descalabro em Bacabeira

Neto Evangelista
Um dos maiores estelionatos eleitorais da historia do Maranhão partiu de Lula e Dilma, estes dois “imbatíveis” segundo boa parte da mídia regional. O que era pra ser um empreendimento que iria alavancar o crescimento do estado, acabou se tornando uma grande furada. O assunto, que parecia inexistente pra políticos maranhenses, quase todos mamando nas tetas petistas, foi tocado pelo deputado tucano Neto Evangelista, que decidiu pedir que este descalabro seja investigado.

Veja a matéria de hoje sobre o assunto no JP:

O deputado Neto Evangelista comemorou, através de pronunciamento na Assembleia Legislativa, a decisão do Supremo Tribunal Federal que garante à oposição no Senado instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar a Petrobrás.

O deputado considerou que, embora ainda liminarmente, o STF faz justiça nessa questão. Ele parabenizou também a ministra que concedeu a liminar para que o Senado inicie a investigação em torno de “uma das maiores empresas do Brasil, reconhecida internacionalmente, mas que hoje está sendo sucateada pelo governo do PT”.

Neto Evangelista prometeu submeter, nas próximas horas, requerimento à apreciação do plenário da Assembleia Legislativa, com destino ao Senado Federal, para que seja incluída na CPI a investigação da Refinariam Premium, localizada no município de Bacabeira.

Disse que a refinaria significou uma promessa de 400 mil empregos para os maranhenses, desde a época do presidente Lula, ou seja, já era para estar pronta. “Hoje, infelizmente, Bacabeira se tornou um cemitério de construções de hotéis, de restaurantes, de empreendimentos de pessoas que acreditaram que aquilo ia se tornar realidade e sofrem porque não houve a continuidade da obra”.

“Lembro que posaram para fotos a governadora Roseana Sarney, a então chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro Edison Lobão, o presidente Lula. Todos prometeram a refinaria para o Maranhão”, recordou o parlamentar.

Evangelista denunciou, ainda, que a terraplenagem está sendo feita em Bacabeira por um valor que é quatro vezes o preço inicialmente estipulado.

No início de maio, uma comissão externa da Câmara Federal, solicitada pelo deputado Simplício Araújo, virá ao Maranhão para investigar as obras da refinaria.