.

.

domingo, 30 de março de 2014

União da oposição é a força do Maranhão, afirma Simplício Araujo


O deputado federal Simplício Araújo (Solidariedade/MA) e diversas lideranças estiveram reunidos, na última sexta-feira (28), em mais um evento do movimento Diálogos pelo Maranhão.

Sete legendas partidárias se uniram para discutir propostas para melhorar o Maranhão. Vereadores, prefeitos, deputados estaduais, federais, o pré-candidato ao senado federal, Roberto Rocha e pré-candidato ao governo do estado, Flávio Dino ouviram o anseios da população.

O destaque do evento foi para a grande força da união das lideranças de oposição em torno de um projeto político capaz de melhorar os indicadores sociais do Maranhão que, após quase meio século sob domínio de um mesmo grupo política, possui índices alarmantes em qualidade de vida e promoção de políticas sociais.

Simplício fez questão de ressaltar, em sua fala, a falta de apoio que as cidades administradas pela oposição sofrem.

“Timon sofre com a ausência de incentivos por parte do governo estadual por ser administrada por um prefeito da oposição. Esse tratamento desigual não pode existir. Não estamos falando de partidos e disputas políticas. Estamos falando do desenvolvimento de um estado”, afirmou o parlamentar.

4ª maior cidade do Maranhão, Timon faz fronteira com Teresina, capital do Piauí, mas possui problemas estruturais que dependem do apoio do governo do estado para serem resolvidos. É o caso da Saúde Pública, em que muitos maranhenses da região Leste precisam ir até Teresina para receber atendimento médico.

Muitos casos semelhantes foram relatados durante os Diálogos em Timon, que discutiu ainda investimentos em Saneamento Básico nos municípios para garantir água potável na casa de 100% dos maranhenses.