.

.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

“Temos que repensar a malha rodoviária do Maranhão”, propõe Fábio Braga



O deputado estadual Fábio Braga (SD) denunciou o rompimento da MA-034, localizada nas proximidades da cidade de Brejo. O parlamentar, que acompanha atentamente a situação dessas estradas, também chamou atenção das autoridades para a importância da manutenção da malha viária dos municípios que compõem a região do Baixo Parnaíba.

É preciso observar que o agronegócio cresce na região de Balsas, Tasso Fragoso, Alto Parnaíba, Riachão e Nova Colinas e também ganha cada vez mais importância na região de Chapadinha, Anapurus, Santa Quitéria, São Benedito do Rio Preto, Afonso Cunha, Duque Bacelar e Buriti. Com essa expansão do agronegócio, as estradas são indispensáveis nesta estratégia de desenvolvimento econômico”, afirmou Fábio Braga.

O deputado disse ainda que já procurou a Secretaria de Infraestrutura do Estado para falar sobre a necessidade de se repensar a malha rodoviária do Maranhão, principalmente, nas cidades onde o agronegócio está implantado, visto que, as rodovias foram construídas há décadas e o tráfego atual é muito superior.

Fábio Braga explicou que estas estradas – Chapadinha a Brejo, Brejo a São Bernardo e São Bernardo até Parnaíba – têm uma trafegabilidade muito grande de carretas, que fazem com que esse percurso seja cada vez mais perigoso.

Ocorre que até Chapadinha temos a BR-222, que é larga, feita com acostamento, e, de Chapadinha até Parnaíba temos uma estrada mais estreita, sem acostamento, com os aterros muito próximos da estrada fazendo com que aconteça estragos nessas vias rodoviárias”, alertou.

O deputado observou que na região de Chapadinha, Brejo e São Bernardo existem vários chapadões e uma série de riachos.

Eu acho que temos que repensar não só a essa estrada Chapadinha até Parnaíba, mas também na estrada de Balsas até Alto Parnaíba. Fazendo isso, o Maranhão vai diminuir um custo operacional que está alto. Duas vias de acesso têm sempre de ser colocadas em prioridade no Estado do Maranhão por conta do custo de investimentos que são feitos nessas regiões: Balsas, Tasso Fragoso e Alto Parnaíba e também de Chapadinha até Parnaíba”, reiterou Fábio Braga ao finalizar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário