.

.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Flávio Dino, o pior pesadelo do clã Sarney



Uma coincidência chamou a atenção no resultado da última pesquisa Exata divulgada nesta semana. O governador Flávio Dino (PCdoB) mantém uma porcentagem positiva na casa dos 60% que não diminui há muito tempo em qualquer cenário avaliado, o que dá confiança para reeleição no próximo ano.

Quando a Exata analisa os principais pré-candidatos ao Governo do Maranhão, Dino atinge 60% das intenções sobre Roseana Sarney (PMDB), Roberto Rocha (PSDB) e Maura Jorge (Podemos). Ao ser analisada sua gestão, exatamente a mesma margem é obtida de aprovação.

No quadro de rejeição, 73% disseram que até poderiam votar no comunista e apenas 23% não votariam nele de jeito nenhum.

Num eventual segundo turno, Flávio venceria Roseana com 67% das intenções de voto contra 33% da peemedebista. Na comparação com Roberto essa margem aumentaria, 78% a 22%.

Obviamente que ainda existe muito tempo até o pleito, contudo, pelo quadro mostrado nos últimos anos, apenas uma mudança drástica alteraria essa situação. Ainda mais que a oposição vive em volta em escândalos.

Numa época de crise econômica e de fracasso da política brasileira, o governador conseguiu ir na contramão dessa tendência, hoje mantém números extremamente confortáveis que permitem uma confiança na continuidade da sua administração até 2022.

Nenhum comentário:

Postar um comentário