..

..

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Coroatá cumpre exigências do Ministério da Saúde e não tem recursos da Vigilância Sanitária suspensos

Superintendente de Vigilância Sanitária em constantes ações.

O Ministério da Saúde suspendeu, recentemente, a transferência de recursos financeiros do Componente de Vigilância Sanitária, do Bloco de Vigilância em Saúde, a Estado e Municípios irregulares quanto ao cadastro dos serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e quanto à informação da produção da vigilância sanitária no Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS).

No Maranhão, mais de 50 cidades tiveram seus recursos suspensos, porém, Coroatá, por cumprir todas as exigências não entrou na lista de suspensão.  

"A Vigilância Sanitária Coroatá está está em dias com as políticas públicas de saúde e não consta corte de recursos bloco de Vigilância Saúde, onde estamos executando suas Ações de forma operacionais, eficaz e integradas de acordo com o procedimento operacional padrão sanitário. Quero destacar o apoio do prefeito Luis Filho e o secretário de saúde Dr. Vinicius com ações sanitárias em prevenir e eliminar o controle de proteção de risco a saúde pública." Destacou o superintendente de Vigilância Sanitária Halisson Wanderley. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário