.

.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Vídeo mostra Exata tentando influenciar eleitora contra Rosângela Curado


Durante o preenchimento de questionário sobre intenção de votos no município, a pesquisadora muda repentinamente as perguntas e passa a questionar a eleitora sobre um vídeo em que Curado aparece supostamente sob efeito de álcool em uma blitz da Polícia Militar do Maranhão.
“A senhora viu na internet ou na imprensa, recentemente, algum vídeo ou notícia envolvendo…”, pergunta a funcionária do Exata, interrompendo em seguida ao perceber que a eleitora movimentava o celular. “A senhora não está gravando não, né? Porque não pode! A senhora vai derrubar o meu trabalho. A senhora vai me prejudicar numa coisa que eu não tenho nada a ver”, e insiste: “a senhora viu?”.
Apesar da eleitora deixar claro a intenção de votar na pedetista, a pesquisadora insiste nas perguntas sobre a gravação.
“A senhora assistiu o vídeo em que a deputada Rosângela Curado aparece embriaga numa blitz policial?”, questiona. “Como ficou a intenção de voto após assistir esse vídeo?”, “A senhora ia votar em Rosângela Curado e continua pretendendo votar nela…”, perguntou, ao ser interrompida pela eleitora: “Ia e voto!”.
A pesquisadora ainda chegou a ler frases que a população de Imperatriz supostamente estaria dizendo, para saber da o que a eleitora pensava a respeito. O fato de Curado ser Evangélica e ter aparecido no vídeo supostamente sob efeito de álcool também foi explorado.

Do Atual7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário