..

..

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Weverton apresenta emendas para reforçar o combate ao Aedes aegypti…



O líder do PDT na Câmara, deputado federal Weverton Rocha, apresentou emendas à Medida Provisória 712/15, que dispõe sobre a adoção de medidas de vigilância em saúde.

A primeira emenda apresentada pelo deputado estabelece responsabilidades da União no controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor dos vírus da dengue, chikungunya e zika. Para o parlamentar, é preciso que todos os entes garantam as medidas de controle satisfatoriamente e disponham de um sistema eficiente de denúncias de focos do mosquito.

Já a segunda emenda exige que as empresas prestadoras de serviços de controle de pragas, durante sua rotina operacional, tomem todas as medidas necessárias à extinção dos focos do mosquito Aedes aegypti, por meio do acompanhamento dos locais tratados, de repasse de material informativo e orientações sobre as formas de garantia do ambiente isento dos focos do mosquito.

A terceira emenda proposta pelo pedetista exige que os órgãos e entidades públicas federais atuem efetivamente no combate ao mosquito Aedes aegypti por meio do controle dos focos do vetor em suas próprias instalações.

A quarta e última emenda apresentada pelo parlamentar permite que os agentes de saúde tenham acesso forçado a imóveis públicos e privados em caso de recusa do proprietário ou responsável pelo imóvel.

Segundo o deputado Weverton Rocha, as medidas são relevantes e urgentes na guerra contra o Aedes aegypti.

“Diante da grave epidemia que o país enfrenta, a minha proposta é tornar as ações de combate ao mosquito transmissor mais eficazes”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário