.

.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Teresa Murad persegue agentes de saúde que também trabalham no estado



Desde a inauguração do Hospital Macrorregional de Coroatá e Upa, Murad tratou de contratar diversos agentes comunitários de saúde que tem o curso de técnico de enfermagem para prestar serviços também em tais hospitais, dezenas de agentes de saúde ganharam emprego, muito das vezes, em troca de apoio a pré-candidatura de Teresa Murad à prefeitura.

Agora, que Murad não é mais secretário de saúde e sua mulher é prefeita, parece que ele resolveu mostrar sua verdadeira face aos agentes, eis que manda demitir todos que escolherem trabalhar em hospitais do estado e município. Os agentes serão obrigados a escolher se querem trabalhar na prefeitura ou no governo, pois assim é mais fácil pra ele saber quem vota e quem não vota em sua esposa. Tipico do ditador que ele sempre foi!

Abaixo, o documento que a prefeitura enviou aos agentes do Macro e Upa, dando o prazo de 48 horas para os mesmos pedirem demissão do estado ou serão automaticamente demitidos do município.


Nenhum comentário:

Postar um comentário