.

.

.

.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Presente de Dilma ao Maranhão! Petrobras anuncia que desistiu de construir Refinaria Premium I em Bacabeira

Terraplanagem que custou bilhões em Bacabeira.

A Petrobrás desistiu de construir os projetos das refinarias Premium I, lançada no segundo governo do Presidente Lula. A Premium I seria construída no município de Bacabeira, no Maranhão.

Além da Refinaria Premium I, a empresa desistiu também de construir a Premium II, no Ceará. Os projetos das refinarias vinham sendo alardeados há anos, com eventos oficiais, visitas e muita expectativa do mercado, que vinha reclamando do número reduzido de grandes projetos licitados no último ano principalmente na área de refino.

A razão alegada pela estatal foi o prejuízo na área de abastecimento da companhia, somado em R$ 13,8 bilhões entre janeiro e setembro do ano passado. A perda foi 13% maior em relação ao prejuízo do mesmo período do ano anterior, de R$ 12,2 bilhões.

A presidente Graça Foster chegou a anunciar mais de uma vez no ano passado as datas em que os pacotes das duas refinarias seriam lançados, mas sempre que a data chegava os projetos eram postergados.

Graça disse ainda que, para reforçar o caixa, fará “desinvestimentos em 2015, com potencial de contribuição ao caixa em níveis próximos aos realizados em 2014″. A implementação desses desinvestimentos dependerá, naturalmente, da evolução das condições de mercado, disse Graça no comunicado, destacando que a empresa terá “à disposição garantias da União Federal para os recebíveis do setor elétrico, que permitirão a negociação desses créditos no mercado bancário”.

Porém, a companhia não deu uma data para publicar o balanço com o parecer da PwC. “Continuamos trabalhando para produzir as demonstrações financeiras revisadas pelo Auditor Externo (PwC) no menor tempo possível, não apenas em relação aos ajustes nas demonstrações contábeis, mas também à necessidade de aprimoramento dos nossos controles internos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário