.

.

domingo, 25 de maio de 2014

Jovem representante do povoado Macaúba entrega reivindicação aos pré-candidatados

Jovem recebe o abraço carinhoso de Flávio Dino
Entrega do documento

Carlos Brandão, Flávio Dino, Jeriane, Cássio Reis, Neto Evangelista e Rubens Jr 

Ontem, 24, durante o almoço realizado na Fazendo Coroatá, de propriedade de Major Alexandre, para o pré-candidato a governo do estado Flávio Dino (PCdoB), a jovem Francisca Jeriane Almeida, representado a juventude do povoado Macaúba e o vereador Cássio Reis (PSDB) entregaram um documento com assinaturas de vários jovens reivindicando a construção de uma escola do ensino médio para aquela localidade.

O documento foi recebido por Flávio Dino, seu pré-candidato a vice-governador Carlos Brandão (PSDB) e pelos deputados estaduais Neto Evangelista (PSDB) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB).

No momento da entrega, o pré-candidato comunista perguntou a jovem a sua idade e que série estava fazendo, ouviu de Francisca Jeriane que embora estivesse em seu último ano do ensino médio não gostaria de ver seus cinco irmãos e muitos amigos passando pela situação que a mesma está passando. Flávio Dino após ouvir a jovem a parabenizou e prontamente disponibilizou a atender a reivindicação.

"Este é um dos meus compromissos com vocês e com o vereador Cássio", disse.

Leia o texto na íntegra abaixo:
"Ao próximo Governador do Maranhão
Dr. Flávio Dino de Castro e Costa,

Prezado senhor,

Nós, moradores do povoado Macaúba, o maior povoado coroataenses, se encontrando localizado há 36 quilômetros da sede do município de Coroatá e possuindo mais de mil moradores, viemos através do presente abaixo-assinado, confiando em sua vitória que se aproxima nas eleições deste ano e na disposição do vereador Cássio Reis (PSDB) para cobrar lhe o cumprimento dos seus compromissos com esta localidade, viemos apresentar ao Senhor a nossa reivindicação para a construção de 1 (uma) escola de Ensino Médio que possa atender a centenas de jovens que aqui residem, se possível possuindo um espaço físico que atendam às necessidades da prática de esporte e lazer dos seus estudantes, pois atualmente nós estudamos em um anexo ao CEM Luís Montenegro que funciona em uma pequena sala alugada de uma residência particular, sem a menor condição adequada, já que não possui banheiro, ventiladores, cantina, contado apenas 3 (três) professores acumulando 3 (três) disciplina cada um deles e raras vezes que os demais aparecem. 
Certo de que seremos atendidos, ficam nossos agradecimentos,

Coroatá – MA, 24 de maio de 2014"