.

.

.

.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

César Trovão é reeleito presidente da Câmara, após abrir vaga na mesa diretora para o bloco de oposição

A nova mesa diretora (Foto: Coroatá OnLine)
A eleição da nova mesa diretora da Câmara ocorreu no início da noite desta quinta, 08, dentro da normalidade, o que não era previsto nem pelos analistas mais otimistas.

Logo após o término do pequeno expediente o presidente César Trovão (PV) declarou aberto os trabalhos eleitorais e chamou o líder da oposição Raimundo Diogo (PT)  para ser o seu escrutinador.

De imediato o petista pronunciou-se na tribuna e solicitou ao presidente e aspirante a reeleição que, obedecendo as normas regimentais e a legislação municipal, permitisse a participação de representante da Bancada de Oposição na composição da mesa diretora em caso de chapa única, pois não havendo a possibilidade montariam uma chapa para concorrer ao pleito, para tanto solicitou a suspensão da sessão para que houvessem as conversas necessárias.

O vereador Cássio Reis (PSDB) tomou a palavra em seguida para reforçar as palavras do líder. "Este consenso já deveria ter ocorrido na primeira eleição, mas como os governistas ainda estavam no calor da vitória e a oposição, além da derrota, a perda de um companheiro (disse referindo-se ao dissidente Naldo Dantas), acredito que o vereador César deve se inspirar no que fez o vereador Ciba Araújo, quando presidente daquela casa, chamando os opositores a época para compor a mesa", disse e finalizou o pronunciamento dizendo que a concretização da participação da bancada na chapa não significaria que estavam votando no governo, mas para a construção de um poder legislativo independente. 

Após a suspensão da sessão por alguns minutos os parlamentares retornaram ao plenário com um entendimento para que a eleição ocorresse em chapa única garantindo a participação de um oposicionista na segunda vice-presidência que, através de um sorteio, o vereador Marcelo Moura (PTC) foi escolhido para ocupar para ser o primeiro a ocupar o cargo durante seis meses, devendo ocorrer o revesamento durante os dois anos de mandato.

Antes de iniciar a votação a vereadora Lourdinha Pereira (PCdoB) anunciou que se retiraria da sessão para não participar do pleito. Em seguida a eleição foi iniciada e após a contagem dos votos foi confirmada a vitória por unanimidade da chapa única encabeçada por César Trovão e composta, entre outros, por Josean Veras (PSC), na 1a vice presidência, que não ousou rebelar-se contra o seu grupo.

A nova mesa diretora eleita para o biênio 2015/2016 será composta pelos vereadores César Trovão (presidente), Josean Veras (1° vice-presidente), Marcelo Moura (2° vice-presidente), Leon Camilo (1° secretário) e Wlisses Muniz (2° secretário).

Após declarar encerrado o pleito os eleitos pousaram para fotos e conversaram com a imprensa. Marcelo Moura declarou a nossa reportagem a importância da participação do bloco na nova mesa diretora, o que representa um avanço na democracia do parlamento. O presidente reeleito também comemorou a participação da oposição na diretoria que conduzirá a casa legislativa no próximo biênio.