.

.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Vixe! Arnaldo Melo nega acordo com Roseana para eleger Luís Fenando


Blog do Jorge Vieira


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), usou como interlocutor o líder do governo, deputado César Pires, nesta manhã de quarta-feira (26), para informar aos jornalistas que cobrem o Poder que não fez qualquer acordo com Roseana Sarney (PMDB) sobre eleição indireta para eleger Luís Fernando governador, caso ela renuncie para disputar o Senado Federal.

Arnaldo fez a declaração após uma série de especulações de bastidores sobre um suposto acordo que teria feito com a chefe do Poder Executivo para assumir o comando do estado, renunciar e entregar o governo para a presidente do Tribunal de Justiça, Cleonice Silva Freire, convocar a eleição para eleger indiretamente Luís Fernando.

O presidente da Assembleia negou que sua presença no jantar oferecido pela governadora ao presidente do PSD, Gilberto Kassab, na noite de terça-feira, tivesse por finalidade tratar sobre o assunto.

A movimentação nos bastidores alvoraçou após a informação de que está tudo pronto para a governadora anunciar a renúncia dia 03 de abril para concorrer ao mandato de senadora, o que desencadearia todo o processo para eleger de forma indireta o sucessor.

O presidente Arnaldo Melo conta com o apoio de 23 parlamentares e tem avisado aos seus apoiadores que se mantém irredutível em sua decisão de só assumir se for para ficar os oito meses que ainda restarão para o fim do mandato.

Pelo o que está sendo desenhado nesta reta final para a desincompatibilização, se Roseana renunciar, Arnaldo Melo assume e se elege para completar o mandato. Luís Fernando só assume se vencer Flávio Dino nas urnas na eleição de outubro próximo, o que parece pouco provável.