.

.

terça-feira, 25 de março de 2014

Rubens Jr. denuncia tentativa de factoide contra Flávio Dino

O líder da oposição, Rubens Jr., subiu na tribuna da assembleia legislativa, nesta segunda-feira (24), para registrar a importância do papel do ex-governador Jackson Lago, no ano de 2008, na implantação da fábrica da Suzano Papel e Celulose, construída e inaugurada no município de Imperatriz. “Não retiremos os méritos de quem trabalhou para trazer a indústria, quem definiu na região tocantina. Muitos deputados que aqui estão, naquela época, aplaudiram o Dr. Jackson Lago pela importante conquista. Justiça seja feita, todos que contribuíram recebam nossos aplausos, mas roubar paternidade não dá certo, então vamos ter de pedir o DNA.” Salientou o deputado.

No mesmo discurso o deputado Rubens Jr. (PCdoB), cobrou a tentativa covarde de manchar a imagem de Flávio Dino utilizando para a calúnia os mesmos jornalistas do bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso no escândalo nacional por crime organizado e corrupção. Tentaram criar um factoide que acusava o Flávio Dino de utilizar as diárias da Embratur para hospedagem em Teresina por ocasião de um evento em Timon. “Essa acusação é gravíssima, chega a ser o que, peculato?”. Questionou o parlamentar.

Numa breve investigação verificou-se que não passa de uma tentativa de macular a imagem do Flávio Dino, por ser ele o pré-candidato da oposição. A Embratur nunca pagou uma passagem ou diária para o então presidente Flávio Dino nos anos de 2012, 2013 e 2014 no Piauí, pelo simples fato de que nunca existiu nenhum evento nesse período. O evento dos Diálogos pelo Maranhão ainda vai acontecer neste próximo final de semana na cidade de Timon. Os operadores do factoide rapidamente modificaram a mentira para a cidade de Caxias.

“É pecado discutir ou debater o Maranhão? Lógico que não. Pelo contrário, é a solução. Passa por ai o processo mudancista. É por isso que vamos normalmente aos sindicatos rurais e sindicatos dos professores em todo o Maranhão, sendo bem recebidos. Portanto nenhuma mentira ficará sem resposta.” Determinou o deputado.

Completou o seu pronunciamento afirmando que “Temos que ter cuidado, a Lei proíbe que se caluniem as pessoas e se propagem também, sabendo que é mentira. Insisto, quem quer o vale tudo é quem não pode debater o estado, insisto mais uma vez, não nos meçam pelas suas réguas, não é porque o estado esta sendo usado de todas as formas para promover o candidato que não decola nas pesquisas que necessariamente todos tem que fazer as mesmas coisas. Não nos meçam com esta mesma régua suja que tanto maltrata o povo do Maranhão.”

ASCOM - Gabinete Rubens Jr.