.

.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Vereadores governistas votam contra os vendedores ambulantes em projeto de Diogo

Foto Leandro Baima (Coroata OnLine)
Durante a Ordem do Dia da primeira sessão deste ano (quinta-feira, 20), o vereador e líder da bancada de oposição, Raimundo Diogo (PT), apresentou um requerimento solicitando o comparecimento aquela Casa da prefeita municipal Teresa Murad (PMDB) e do promotor Luis Samarone, para que ambos pudessem esclarecer sobre a remoção dos vendedores ambulantes das ruas e avenidas de Coroatá.

A matéria transformou-se em uma discussão polemica que tomou todo a Ordem do Dia, o que impediu, inclusive, a discussão de projetos de outros parlamentares. Apos a discussão acalorada o projeto foi rejeitado com os votos dos vereadores da base aliada a prefeita Teresa Murad (PMDB), que seguiram a orientação do líder do bloco, Riba Maia (PSC), pela desaprovação da proposta.

Antes da apreciação do projeto um requerimento verbal do autor para que a votação da mesma fosse nominal, também foi derrubado com os votos unanimes dos governistas.

Ao final, mesmo vencido (mas não convencido, como costuma falar), Diogo declarou-se contente pois a sua proposta incitou o debate e abriu a possibilidade de dialogo do governo com os vendedores abulantes através da realização de um audiência publica prometida ali pela Bancada Gorvenista.