.

.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Professores coroataenses fazem ato e paralisação nesta quarta-feira, 19

Foto: Leandro Baima
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão - SINPROESEMMA - Delegacia Coroatá, Celso Soares, ao lado de outros diretores, recebeu no início da noite desta segunda-feira, 17, a reportagem do Coroatá de Verdade para falar do ato que e paralisação que ocorrerá na próxima quarta-feira, 19.

Segundo o presidente o ato ocorre em exigência a discussão e implementação do Plano de Carreira do Profissionais da Educação, pois segundo o mesmo a Prefeitura Municipal de Coroatá demonstra interesse de discutir-lo apenas com o Sindicato do Professores das Escolas Municipais - SINPROEM, criado por professores contratados e detentores de cargos diretivos, o que portanto o desqualificaria para defender os interesses da categoria.

O ato, que incluirá a paralisação das atividades pelos educadores, foi convocado após deliberação na última Assembléia Geral do sindicato realizada no último dia 11 e reivindicará além da aprovação e discussão do Plano o cumprimento da Lei do Piso para todos os professores. Segundo o presidente, o reajuste no repasse de 8,32% para o salário dos educadores não está sendo cumprido para todos os educadores, mas apenas apenas aos concursados.

Outra reivindicação da categoria é a redução da carga horária em cumprimento ao artigo 2° da Lei Federal 11.738/2008, que até o momento está sendo cumprida aleatoriamente (em algumas escolas), bem como a exclusão dos contratados do gozo de tal direito.

Durante a tarde de hoje, 18, a direção do SINPROESEMMA tentará uma nova conversa com o secretário de Educação, Raimundo Josias da Silva, na intenção de buscar algum avanço antes de mesmo da realização do ato.

Serviço - O ato que se concentrará a partir das 8h da manhã na sede do Sindicato dos Trabalhadores Ruais - STTR e percorrerá ruas de Coroatá com paradas à frente da Prefeitura Municipal e da Promotoria.