.

.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Exames médicos de rotina impediram o deputado Zé Vieira de votar na sessão que cassou Natan Donadon

O período de recesso foi de trabalho intenso para o casal
que dirige o PROS no Maranhão.
O deputado federal José Vieira Lins, presidente do Partido Republicano da Ordem Social(PROS) no Maranhão, explicou, tão logo retornou a Brasília, o motivo de não ter comparecido a câmara baixa do parlamento do país e não ter votado na sessão que aconteceu na noite da última quarta-feira, 12, que cassou o mandato do deputado federal condenado pelo Supremo Tribunal federal Natan Donadon.
E segundo Vieira o motivo é exatamente esse: está ausente de Brasília no dia da votação. O deputado federal afirma que se encontrava em São Paulo, no mesmo dia e hora que a sessão era realizada, atendendo a um pedido pessoal do seu médico, que já havia determinado, com grande antecedência, aquela data para a realização e procedimento de exames médicos que lhes são obrigatórios periodicamente em razão de já ter sido submetido à intervenção cirúrgica coronária.

José Vieira Lins garantiu que cumpre obedientemente todas as determinações que lhe foram passadas pela equipe que realizou o procedimento cirúrgico, dando especial atenção para as determinações que lhe atribuídas por seu médico pessoal.

Como faz todos os anos depois que se elegeu deputado federal José Vieira passou todo o período de recesso parlamentar legal em Bacabal. Dedicou especial atenção, ao lado da pré-candidata a deputada estadual Patrícia Vieira, que é tesoureira do PROS no estado, a estruturar a legenda no Maranhão.
O casal realizou durante esse curto período quase uma centena de viagens pelas mais diversas cidades, deixando o PROS legalizado em mais de 80 por cento das cidades do Estado. Findo o recesso e com o trabalho de organização do partido bem adiantado Vieira retornou para Brasília. De Brasília se deslocou para São Paulo com o objetivo de realizar a bateria de exames que lhes são obrigatórios.

O deputado federal José Vieira Lins assegurou que a partir da semana que se inicia participará ativamente das sessões ordinárias da Casa e dos trabalhos das comissões e subcomissões das quais participa. Vieira deixa um recado aos bacabalenses e aqueles que lhe acompanham: “estou bem de saúde e pronto para mais um ano de trabalho.”

Da assessoria