.

.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Em reunião realizada no dia de ontem Jocimar Pereira fala do descontamento com o governo

Para enfatizar que a página Coroatá de Verdade não mentiu ao divulgar os motivos que fizeram Jocimar Pereira (PMDB) renunciar no dia de ontem, 11, ao seu cargo no comando da secretaria municipal de Saúde - SEMUS divulgamos os fatos abaixo que, ao assim como os seus reais motivos, o agora vereador não poderá negar.

O então secretário de saúde reuniu-se na manhã desta segunda-feira, mesmo dia da sua renúncia, em sua residência com os diretores de postos e apoiadores que foram empregados na administração à seu pedido.

Durante a reunião Pereira falou do seu descontentamento no exercício da função, pois, segundo relatou aos presentes, Ricardo Murad, quem de fato manda no governo, não honrou os compromissos que fez ao mandá-lo para a SEMUS.

Entre as exigência feitas pelo parlamentar para aceitar o cargo estaria a permanência dos funcionários da antiga administração que ousaram lhe apoiar durante o pleito eleitoral, o que não ocorreu.

Segundo outra fonte o desgaste e o apelo de Pereira para deixar o cargo e assumir o seu tão perseguido mandato parlamentar se arrastava há dias, tendo, inclusive, deixado isso muito claro ao chefão do clã Murad que relutava ceder aos apelos.