.

.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Finalmente, amanhã ocorrerá a 1ª audiência do processo que pede a cassação do mandato de Teresa Murad

Nesta sexta-feira (12) a Justiça Eleitoral terá a chance de demonstrar sua credibilidade diante da população coroataense. Após pedir o adiamento desta audiência (e ser atendida) por duas vezes, a prefeita Teresa Murad (PMDB) tentará emplacar na cara limpa a sua terceira convocação, ou pelo menos é o que parece, já que até o momento nenhuma justificativa ou desculpas esfarrapadas foram apresentadas pela defesa pedindo mais um um adiamento.

Parece que desta vez a "dama-de-ferro", ou melhor, dos diamantes, terá que descer do salto e dar ouvidos a justiça. Pena que não tenha a obrigação de comparecer a audiência podendo ser representada apenas pelos seus advogados.

Segundo os denunciantes, a esposa do secretário de Saúde, Ricardo Murad, se elegeu através uma campanha milionária, o que caracterizaria crime por abuso de poder econômico. Ainda segundo denúncias, houve formação de milícia, compra de votos e retenção de títulos eleitorais, que resultou em uma ação que pede a cassação do registro de candidatura da prefeita Teresa Murad  e sua vice Neuza Muniz.

A audiência ocorrerá amanhã a partir das 8:00 horas da manhã na sala de audiências do Fórum Desembargador José Menezes Júnior, pertencente á Justiça Comum Estadual, Localizado na Rua Gonçalves Dias, s/n, Centro.

Com colaboração de Páblo Lima.