.

.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Escolas estaduais em Coroatá continuam sem professores de diversas disciplinas

Gestora adjunta da URE de Codó Regina de Fátima. Foto: Reprodução/Facebook 
É total a reclamação nas escolas estaduais em Coroatá, milhares de alunos estão sendo prejudicados por conta da incompetência do governo do estado, do secretário de estado da educação e principalmente pela gestora de Educação da região dos Cocais, Regina Soares da Cunha, a famosa Regina de Fátima.

Regina que já foi secretaria de educação de Coroatá na gestão de Rômulo Augusto é uma super protegida do secretário de Saúde, Ricardo Murad, a toda poderosa da educação, dizem até que é ela quem manda e desmanda na pasta, mesmo sem oficialmente ser a secretária, foi apontada inclusive, como a principal causa da saída da competentíssima professora Simone Salazar ter pedido pra sair do alto escalão do governo Murad (reveja).

Pois bem, Regina é moradora de Coroatá, conhece como ninguém todas as escolas do município e é nomeada pelo governo do estado gestora de educação (quem cuida das escolas estaduais de toda a região), na pratica Regina não deveria deixar faltar professores nas escolas em que deveria tomar conta. Mas infelizmente o que ocorre é totalmente ao contrário.

Na cidade em que a gestora reside e está presente quase que diariamente, faltam diversos professores, o que dificulta a vida dos jovens coroatenses que pensam em prestar vestibular ainda esse ano.

O blog Coroatá de Verdade foi informado que no CE Maria José Dias Trovão, falta professor de biologia e química em algumas salas, no CE Francisco Gonçalves Magalhães faltam professores de biologia, química e artes, no CELeda Tajra faltam professores pela manha e pela tarde, os alunos desta ultima estão indo pra casa duas horas antes do horário normal todos os dias.

Ou seja, se na cidade que dona Regina mora está este Caos, imaginem nos outros municípios que também ficam sob sua responsabilidade.

Com a palavra, a gestora adjunta da URE de Codó dona Regina de Fátima.