.

.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Prefeita Teresa Murad "convoca" vereadores para congelar o salário mínimo dos servidores


O presidente em exercício da Câmara Municipal, Josean Veras (PSC), convocou uma sessão extraordinária do parlamento coroataense a mando da prefeita Teresa Murad (PMDB) para esta quinta-feira, 26, mas que foi desconvocada em seguida, tendo em vista não teria quórum para aprovar as matérias, pois dois dos seus parlamentares não se encontram no município.

Os vereadores Wllisses Muniz (PMDB) e Naldo Dantas (PSDB), que se estão em viagem, foram intimados imediatamente para retornar ao município especialmente para dizer sim a matéria do executivo no apagar das luzes de 2013.

Uma nova sessão extraordinária foi convocada para amanhã, 27, às 16 horas para apreciar dois projetos de leis de autoria da prefeita. O primeiro deles que promete gerar muito debate e indicação na oposição trata-se do que proporá desavergonhadamente o congelamento do salário mínimo dos funcionários da administração municipal, contratados ou concursados, até ao aumento nacional previsto para o primeiro mês do próximo ano. Segundo o projeto visando o atendimento à Lei de Responsabilidade Fiscal o salário mínimo permanecerá durante todo o ano de 2014 em R$678,00, em vez de R$724,00 aprovados pelo Governo Federal.