quinta-feira, 18 de julho de 2019

Relator da Reforma Tributária, Roberto Rocha e família devem R$ 3 milhões à União


Marrapá.

O senador Roberto Rocha (PSDB), o autointitulado Asa de Avião, será o relator da reforma tributária no Senado. A escolha foi anunciada nesta semana pela senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da Comissão de Constituição e Justiça.

Caberá a Asa a incumbência de relatar a PEC 110/2019, que irá debater a questão da tributação no país.

Se quiser começar bem, Roberto Rocha poderia pagar os R$ 3.071.401,88 milhões que deve à União.

A Rádio Capital, empresa que tem o senador como um dos sócios proprietários, está na lista de devedores que possuem débitos com a Fazenda Nacional e o FGTS inscritos na dívida ativa.

É, no mínimo, estranho um senador que não paga os tributos da sua empresa liderar debate tão sério como a Reforma Tributária no país.

Coisas do Brasil atual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário