.

.

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Ricardo Murad quer parar obras do Hospital do Servidor



O ex-secretário estadual da Saúde, Ricardo Murad, vez ou outra sai do ostracismo a que foi relegado após perder o cargo de gestor estadual para se posicionar sobre algum assunto. Nessas tentativas de conseguir um pouco de atenção, contudo, ele só deixa claro como suas últimas declarações e suas atitudes caminham em direções opostas. Murad quer parar as obras do Hospital do Servidor.

O objetivo do ex-secretário é atacar a nova unidade – assim como fez com o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO) – que será entregue por Flávio Dino em sua antiga localização, na área atrás do Hospital Carlos Macieira (HCM).

Ele ingressou com um pedido de liminar para determinar “a imediata suspensão das obras de construção do anunciado Hospital do Servidor”. Ao se posicionar contra a entrega da ampliação destinada exclusivamente aos servidores públicos, o pré-candidato ao governo do Estado pelo PRP só confirma o que todos já desconfiavam: Ricardo não está do lado dos servidores públicos.

Isso já ficou evidente quando o então secretário estadual da Saúde tomou do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria do Estado do Maranhão (Fepa) o Hospital Dr. Carlos Macieira. Além de retirar o benefício dos servidores, Ricardo nunca indenizou o Fepa.

Coerência, definitivamente, não é algo que faz parte do repertório do ex-secretário, alcunha pela Polícia Federal como líder de organização criminosa que desviou mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos durante o governo Roseana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário