..

..

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Fábio Gentil sucateou saúde de Caxias, constatam vereadores



Apesar de receber recursos milionários do Governo do Estado e do Ministério da Saúde, o prefeito de Caxias Fábio Gentil transformou o sistema de saúde do município em um caos em apenas seis meses de gestão. Antes considerado o mais moderno do interior do Estado, atualmente as unidades não conseguem prestar um serviço mínimo a população.

Além dos problemas já denunciados na Maternidade Carmosinha Santos, ontem (3) cinco vereadores realizaram uma fiscalização no Hospital Geral Municipal Gentil Filho e constataram diversas irregularidades. Os parlamentares foram acompanhados pela diretora do Hospital, Rosário Gentil, mãe do prefeito Fábio Gentil (PRB).

Entre os problemas detectados estão a falta de medicação, pacientes com doenças transmissíveis andando pelo hospital e estrutura do prédio precária. “Menos da metade dos leitos está funcionando. Caxias tem recebido um alto valor para investir na saúde e o minimo está sendo investido neste hospital”, disse a vereadora Thaís Coutinho (PSB).

De acordo com o vereador Jerônimo (PMN), a comissão de Saúde da Câmara Municipal está sendo usada de forma política. “Um verdadeiro descaso com a saúde de Caxias. Precisamos que a comissão de saúde venha ao hospital e faça algo para reverter essa situação”.

Entre recursos federais e estaduais neste primeiro semestre Caxias recebeu R$ 62 milhões para investir na saúde, enquanto o município gastou R$ 3, 753.822,58, menos de 15% exigidos por lei. Mesmo com os cofres cheios para manter o bom atendimento a população, Gentil prefere atacar o Governo do Estado na tentativa de justificar os seus próprios erros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário