..

..

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Cerco vai se fechando e Josean Veras deverá ser eleito presidente da câmara



Já é dado como favas contadas a eleição de Josean Veras (PSC) para a presidência da câmara municipal de Coroatá, isso porque segundo fontes, o acordo já vem desde o biênio passado, quando Cesar foi eleito, naquela época, Veras também era pré-candidato a presidente da câmara, mas acabou sendo atropelado pela vontade da 'ainda' prefeita Teresa Murad (PMDB) que desejou eleger seu irmão Cesar Trovão (PV).

De lá para cá, Josean só veio se fortalecendo e manteve o apoio dos vereadores reeleitos na base de Murad e articulou junto a todos o fim da reeleição para presidente da casa, o que acabou sendo aprovado por todos, sendo assim, Josean deverá ser eleito agora e Cesar retorna daqui há dois anos.

Em contato com o blog, Josean confirmou que o grupo Murad irá contar apenas com um candidato a residencia "Teremos apenas um candidato que já é consenso para todos desta base, e se concretizando essa união até o dia da eleição, teremos um presidente oposicionista, porém o pensamento é fiscalizar e contribuir com tudo que venha beneficiar nosso município nessa nova gestão" declarou ele.

Há informações de que pelo menos dois vereadores da base Amovelista, declare voto em Josean em troca de vaga na diretoria da mesa. Ao ser questionado pelo blog sobre esta possibilidade, Josean disse apenas que "É importante que todos saibam que a câmara é uma classe e todos precisam saber quais as intenções do novo presidente, estou buscando o apoio não só de 08 vereadores, estou em busca de conquistar os 15".

Em tempo: O grupo Murad elegeu a maioria de vereadores da casa, são 8 contra 7 do grupo Amovelista. O que dificulta ainda mais no campo Amovelista é que assim como na eleição de prefeito, quase todos querem ser candidatos, só que agora não mais a prefeito e sim a presidente da câmara, são candidatos já declarados, Cássio (PSDB), Diogo (PT), Claudeci (PSB), Macilio (PCdoB) e Lourdinha (PCdoB).

É aguardar para conferir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário