.

.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Andrea Murad esquece que a mãe (Tereza) também receberá quase R$ 2 milhões extras

A deputada Andrea Murad (PMDB) esbravejou nesta terça-feira (08) que o governo Flávio Dino terá, aproximadamente, R$ 380 milhões extras além do que já recebe previsto no FPE.

O recurso tem origem nos R$ 50,9 bilhões que foram arrecadados referentes ao Imposto de Renda dos ativos de brasileiros mantidos de forma irregular fora do país.

Dos 15% do Imposto de Renda pago, equivalente a R$ 25,450 bilhões de reais extras que entraram no cofre do Tesouro Nacional, 22,5% vai para os municípios e 21,5% para os estados, através do Fundo de Participação dos Estados e Municípios.

A parlamentar filha de Ricardo Murad – chefe de organização criminosa, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal – só esqueceu de mencionar que sua mãe, a prefeita Tereza Murad, do PMDB, também será uma das contempladas com esse mesmo recurso.

Todos os 217 municípios maranhense receberão o dinheiro da repatriação. Só para Coroatá será destinado R$ 1.716.062,60 (um milhão setecentos e dezesseis mil, sessenta e dois reais e sessenta centavos).

Andrea bem que poderia usar a Tribuna da Assembleia Legislativa para explicar o que sua mãe, prefeita derrotada de Coroatá, fará com esse fundo extra, vez que interessa a todos os coroataenses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário