.

.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Ricardo Murad continua sendo investigado na Operação Sermão aos Peixes



Mesmo apontado pela Polícia Federal como operador do esquema que desviou milhões da Saúde do Maranhão, através de recursos destinados pela União, ao Fundo Estadual de Saúde, o ex-secretário Ricardo Murad ainda não foi denunciado pelo Ministério Público Federal na Operação Sermão aos Peixes.

As investigações tiveram início em 2010, quando o então secretário de Saúde do Estado, se utilizou do modelo de ‘terceirização’ da gestão. Segundo a investigação, ao passar a atividade para entes privados – seja em forma de Organização Social (OS) ou Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) – Ricardo tentou fugir dos controles da lei de licitação, empregando pessoas sem concurso público e contratar empresas sem licitação e facilitando o desvio de verba pública federal, com fim específico de enriquecimento ilícito dos envolvidos.

Até agora foram denunciadas pelo Ministério Público Federal 17 pessoas , todas ligadas as instituições Bem Viver e ao Instituto Cidadania e Natureza (ICN).

Segundo o procurador da República Régis Richael Primo da Silva, os outros indicados ainda podem ser denunciados após o recebimento de material ainda sob análise da Polícia Federal. Ou seja, todo os computadores e quadros apreendidos na casa de Ricardo Murad ainda vão ser periciados pelo MPF.

Sem contar ainda o processo que ele réu, acusado de participar dos desvios de mais de R$ 150 milhões, através do Programa Saúde é Vida, na qual a ex-governadora Roseana Sarney também responde.

Do Blog Marrapá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário