..

..

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Absurdo! Em Coroatá Moradores constroem ponte com recursos próprios


Moradores utilizando a ponte que eles mesmo construíram.

Enquanto a prefeitura municipal de Coroatá gasta milhões com contratos e outros serviços, moradores dos povoados do município sofrem com o descaso da atual administração. 

Cansados de esperar, moradores dos povoados Espirito Santo, Bom Jardim e Serraria e outros, resolveram se reunir e juntar seus poucos recursos e com o apoio de empresários que tem terras por lá, começaram a construção da ponte sob o rio Peritoró que liga os povoados e facilita a vida de quem vive nas localidades, principalmente as crianças que antes da ponte improvisada, precisavam se arriscar em canoas para irem em busca de educação. 

Os moradores relatam que procuraram a atual prefeita Teresa Murad (PMDB), já que os povoados estão localizados na zona rural de Coroatá, mas não foram sequer atendidos pela mesma "Eles falaram que ela não estava na cidade e ninguém nem nos deu atenção, mas quero ver ela vir aqui no povoado em outubro" disse dona Maria do Rosário ao Blog Coroatá de Verdade.

"Aqui ninguém é engenheiro, arquiteto ou coisa parecida, mas nós temos o que a prefeita não tem, que é muita força de vontade e coragem para trabalhar, por isso mostramos pra ela que é possivel fazer muito com pouco". Disse o morador José Francisco.

PROMESSA ANTIGA

Vale lembrar que a prefeita Teresa Murad em 2012 quando era apenas uma candidata ao cargo, foi aos povoados e prometeu construir a ponte, além de resolver outros problemas da região. Mas, infelizmente, tudo só ficou na promessa, que devem ser renovadas em outubro, quando a prefeita concorrerá a reeleição.







2 comentários:

  1. É tá parecendo do filme indianas Jones mais serve, parabéns aos moradores pela iniciativa, vai esperar por políticos pra vê, e vem mais por aí esse pode aguardar

    ResponderExcluir
  2. É tá parecendo do filme indianas Jones mais serve, parabéns aos moradores pela iniciativa, vai esperar por políticos pra vê, e vem mais por aí esse pode aguardar

    ResponderExcluir