.

.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Governo do Maranhão investe R$600 mil em Programa de estágio



Promover aptidões e estimular o crescimento profissional, essa é a proposta do Programa de Apoio à participação em estágios de curta duração no Brasil, promovido pelo Governo do Estado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema). “O Edital contempla alunos de graduação e pós-graduação que querem estagiar em outros Estados ou em municípios localizados a, pelo menos, cem quilômetros de onde estudam”, adiantou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia Inovação, Bira do Pindaré.

As inscrições online vão até o dia 13 de novembro e podem ser feitas no site da Fapema (http://www.fapema.br/patronage/login.php). Nesta etapa, os proponentes, que devem ser orientados por um professor ou pesquisador vinculado à sua instituição de origem e um supervisor no local do estágio, apresentam documentos como os currículos lattes de todos os envolvidos no projeto. Além do orçamento, plano de atividades, carta de aceite da instituição que vai recebê-lo, entre outros, que podem ser conferidos no Edital. Na publicação consta, também, a documentação impressa que deve ser entregue na Fundação pelos candidatos aprovados na primeira fase.

“Esse Projeto faz parte da Linha ‘Mais Qualificação’, do Programa ‘Pesquisando’. O governo Flávio Dino está investindo um total de R$ 600 mil nele e o edital é de fluxo contínuo. Esta é a segunda chamada e depois dela, virá outra para que os pesquisadores maranhenses possam se aperfeiçoar e, até mesmo, solidificar parcerias importantes”, destacou o secretário Bira do Pindaré.

Os estágios, de curta duração, devem ser cumpridos entre 01 de março e 30 de junho de 2016. Os graduandos receberão bolsa mensal de R$1270,00, enquanto a dos mestrandos será de R$1550,00, e a dos doutorandos, de R$1850,00. Serão custeadas, também, as passagens com valor máximo de R$1400,00, considerando ida e volta. Os estágios devem ter relação com as produções de cada um. No caso, projetos de Iniciação Científica ou Tecnológica, teses ou dissertações.

O Comitê Avaliador levará em consideração o enquadramento das propostas nas exigências do certame, além de seu mérito, originalidade e relevância. As dúvidas podem ser encaminhadas para bolsas@fapema.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário