.

.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

"Estamos corrigindo o caos que herdamos" Diz governador sobre a secretaria de saúde




O governador Flávio Dino voltou a ressaltar a luta que tem travado contra forças do governo passado para moralizar o sistema de saúde do Estado.

Em sua conta no twitter, o governador disse, na manhã desta segunda-feira (23), que desde janeiro foi iniciada transição para mudar o modelo de gestão da Saúde, com a implantação de licitações e processos seletivos.

Dentre os passos importantes para isso, cita a conclusão e abertura dos Hospitais Regionais e o efetivo funcionamento da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), empresa pública criada para assumir a gestão de todas as unidades de saúde do Estado.

“Em toda essa transição na Saúde, lutamos contra as forças do governo passado, responsável pelas barbaridades já reveladas pela PF”, disse, referindo-se à operação ‘Sermão aos Peixes’ que desmontou uma organização criminosa que agia na SES, desviando recursos através de esquema com Oscips contratadas para a gestão de unidades hospitalares. O esquema criminoso era comandado pelo ex-secretário de saúde Ricardo Murad, apontado como ‘mentor intelectual’ dessa ORCRIM, segundo a PF. Os desvios teriam chegado a R$ 1,2 bilhão. Mais de R$ 200 milhões teriam sido destinados para financiamento de campanhas eleitorais de candidatos ligados a Murad.

O governador deixa claro que não vai recuar nessa luta pela moralização do sistema de saúde do Estado. “Não vamos recuar ou alterar o rumo já estabelecido na Saúde desde o começo do governo: licitações, seletivos e corte de gastos abusivos”, ressalta.

Enfim, o governador destaca a situação de caos encontrada na saúde, com fraudes, gastos abusivos e dívidas de mais de R$ 180 milhões, está sendo corrigida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário