.

.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Roberto Costa descarta candidatura de Murad em São Luís



O presidente municipal do PMDB, Roberto Costa, comentou, há pouco, as declarações da ex-governadora Roseana Sarney na defesa de uma possível candidatura de Ricardo Murad a prefeito de São Luís.

Para o peemedebista, a declaração de Roseana seria uma espécie de apoio moral ao ex-secretário, que no momento é o principal alvo da CPI que investigará falcatruas ocorridas na Secretaria de Saúde entre os anos de 2009 e 2014.

“Vejo a postura da Roseana como a de um presidente de clube de futebol. Quando o técnico está perdendo e perto de ser demitido, o presidente costuma dizer que o técnico está ‘prestigiado'”, afirmou.

Costa reafirmou que a situação de Murad está definida dentro do PMDB de São Luís. “Se quiser, a ex-governadora Roseana Sarney será a candidata a prefeita. Caso ela não demonstre interesse na disputa, serão trabalhados os nomes do vereador Fábio Câmara e do deputado Roberto Costa. O nome do doutor Ricardo não está nos planos do diretório municipal do partido”.

A pesquisa Escutec divulgada nesta quinta-feira (16) mostrou o quanto Ricardo Murad é rejeitado pelo eleitorado da capital, caindo como um balde de água fria nos planos do clã Sarney. No levantamento, o pai de Andrea Murad (PMDB) aparece com apenas 1,6% das intenções de votos, perdendo até para o ex-pupilo Fábio Câmara (PMDB).

“A governadora disse que vai levar em conta o resultado das pesquisas, mas por este critério aí mesmo que ele não tem chance, visto que em todas as pesquisas não consegue ultrapassar a casa de 1 por cento”, finalizou Roberto.

Blog Marrapá.

Um comentário:

  1. Qualquer um que estiver do lado do partido político de Roseana é candidato a perder a eleição. Quanto a Ricardo Murad, meu Deus, ainda deu mais de um por cento pra ele, que pessoas foram essas que ainda tem coragem de levar ele a essa porcentagem.

    ResponderExcluir