.

.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Governo realiza ações de promoção de saúde na capital e interior



Em conjunto com as festividades carnavalescas, o Governo do Estado realizou campanhas de promoção de saúde na capital e interior do Maranhão. O trabalho de sensibilização foi direcionado especialmente aos jovens, com orientações para prevenção de acidentes de trânsito, hepatites virais, HIV/AIDS, risco do uso de drogas, afogamentos, dependência química e violência.

As ações foram realizadas a partir de campanhas coordenadas em conjunto pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (SEEJUV). Na segunda-feira (16), a titular da SEEJUV, Tatiana Pereira, esteve em Caxias, onde participou do Festival da Juventude, que debateu assuntos temáticos da campanha ‘Juventude prevenida, dando um baile de alegria!’.

Para a secretária estadual da Juventude, Tatiana Pereira, realizar as campanhas também no interior do estado reafirma o compromisso do governo Flávio Dino em descentralizar as ações do poder público, beneficiando todos os maranhenses.

“Essas ações foram realizadas em parceiras com gestores municipais de cada cidade, sendo bem aceita. Entendemos que os dados elencados nos materiais da campanha sobre a saúde e a vida da juventude, necessitam de uma força tarefa de todos. É a municipalização das ações do governo começando a ocorrer”, destacou.

A campanha também foi realizada nas cidades de Bacabeira, Governador Nunes Freire, Rosário, Mirinzal, Imperatriz, Caxias, Morros, Itapecuru, Serrano do Maranhão, Vargem Grande, Bacabal e Timon.

Para o secretário municipal de Cultura de Morros, Marcelo Viana, a parceria com o Governo do Estado, reforçou as ações pela juventude que estão sendo realizadas pelo município.

“Como em todos os anos, o carnaval de Morros tem em sua composição a importância e valorização dos nossos jovens. A parceria com a Secretaria de Estado da Juventude com a campanha ‘Juventude prevenida’, é muito importante, uma vez que também estamos com o tema ‘A sustentabilidade é a nossa alegria!’. Unir sustentabilidade com prevenção é um caminho para termos uma juventude sadia e atuante”, disse.

Testes rápidos

Além de ser parceira da SEEJUV na campanha ‘Juventude prevenida, dando um baile de alegria!’, a Secretaria de Estado da Saúde distribuiu nos municípios do interior preservativos, bandanas, ventarolas e folderes informativos e um teste oral usado como novo tipo de diagnóstico para a AIDS.

No teste oral não é necessário furar o dedo ou tirar sangue, como nos testes rápidos e tradicionais já disponíveis nas unidades de saúde. O fluido para o teste oral é extraído da gengiva e o começo da mucosa da bochecha, com o auxílio da haste coletora. O resultado sai em até 30 minutos.

A grande vantagem do teste oral é a segurança e a confiabilidade, além de não necessitar de infraestrutura laboratorial. Quando o resultado dá positivo para HIV, a pessoa é encaminhada à rede de serviço de referência previamente organizada para diagnóstico e tratamento.

Foram enviados pela SES todo o material necessário para atender as cidades com a maior concentração de foliões, como Barra do Corda, por exemplo, que recebeu treinamento dos técnicos da SES, para garantir que a equipe formada pela Secretaria de Saúde Municipal estivesse capacitada para o período.

“As prefeituras que contatamos distribuíram o material aos demais municípios em suas proximidades, para assim atingirmos todas as cidades que realizaram brincadeiras carnavalescas. Especialmente neste período, é muito importante que a população receba orientações sobre a prevenção sobre DSTs, como a Aids”, explicou o chefe do Departamento de Atenção às DST/AIDS, Orlando Frazão.

A campanha foi articulada em parceria com as prefeituras das cidades de Bacabeira, Rosário, Mirinzal, Alcântara, Timon, Morros, Caxias, Cantanhede, Pedro do Rosário, Coroatá, Imperatriz, Pinheiro, Itapecuru-Mirim, Chapadinha, Vargem Grande, Codó, Serrano do Maranhão, Colinas e Barra do Corda.

A mensagem geral da campanha de carnaval deste ano, criada pelo Ministério da Saúde, tem como objetivo alertar o jovem a se prevenir contra o vírus da AIDS, focando no uso da camisinha, na realização do teste e, se der positivo, no início do tratamento, reforçando o conceito ‘camisinha + teste + medicamento’ de prevenção combinada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário