.

.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Sem nunca ter sido recebido por Dilma, Ricardo Murad agora reclama da presidente no Facebook




Expert em promessas não cumpridas – vide o projeto inacabado dos 72 hospitais do Saúde é Vida, o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad (PMDB) criticou a presidente Dilma Rousseff (PT) pelo cancelamento dos investimentos na Refinaria Premium I, anunciado na madrugada da quarta-feira (28) pela Petrobras.

Em postagem nas redes sociais, Murad disse estar decepcionado com a petista, acusando ela de ter sido negligente em relação ao empreendimento que seria instalado no município de Bacabeira e cobrando desta a continuidade do projeto. “Dilma jamais poderia fazer isso com o estado que lhe deu a maior votação dentre todos do país”, afirmou.

O megalomaníaco cunhado da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) também exigiu a demissão de toda a diretoria da Petrobras, responsabilizando a presidente da estatal, Graça Foster, pela descontinuidade da refinaria, que consumiu cerca de R$ 2,1 bilhões dos cofres da empresa somente na fase de terraplanagem.

“Exigir da presidente a imediata ordem para manter o investimento até que uma outra direção, legítima, isenta e profissional, avalie e decida como levar adiante a obra mais importante da história recente do Brasil”, escreveu.

As declarações de Murad causaram um mal-estar no PMDB maranhense, no momento em que o grupo Sarney articula com a cúpula do PT nacional a ocupação das superintendências dos Correios, da Codevasp e do Ministério da Pesca no estado.

Com informações do Blog Marrapá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário