.

.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Acredite se quiser! Criança que já estava a um ano no Macrorregional só agora conseguiu transferência para São Luis



Na tarde da ultima quinta-feira (15/01), o helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) veio a Coroatá para transferir uma criança que estava (acredite se quiser) internada há mais de um ano no Hospital Macrorregional aguardando a referida transferência para a capital São Luís.

O menino, que nasceu de 6 meses, precisou fazer uma traqueostomia, mas hoje apresenta ótima recuperação. O pai da criança (foto abaixo) disse que o sofrimento de ver o filho sem poder brincar como deveria, fazendo do hospital a sua casa, está com os dias contados. Após uma vistoria feita pela nova equipe do governador Flávio Dino foi identificado o caso e assim que voltaram para São Luís a equipe da secretaria de saúde comunicou ao secretário Marcos Pacheco, que logo autorizou a transferência que já deveria ter sido feita a muito tempo.

“Nós moramos no hospital, a minha mulher especialmente. Eu vou trabalhar e quando saiu vou direto pra lá (hospital) ficar com eles, é difícil ela ir em casa. Desde o meio do ano a gente tenta essa transferência, falamos com muitas pessoas, mas não deu certo. Até com a vice-prefeita, Drª. Neuza, conseguimos contato, ela ficou de ajudar, mas não deu certo. Diziam que não tinha leito lá em São Luís, mas agora estou muito feliz, tava trabalhando quando minha mulher ligou dizendo que meu filho ia ser transferido. Graças a Deus, tudo vai dar certo e vamos poder ir pra casa depois que ele fizer esses exames”, disse o pai da criança, emocionado.

Com informações do Coroatá Online.

Um comentário: