.

.

sábado, 15 de novembro de 2014

Coroatá OnLine destaca acusações graves do vereador Josean Veras sobre decisão que cassou a prefeita Teresa Murad

Josean Veras (PSC)
Em reportagem publicada na noite de ontem, 14, a página Coroatá OnLine destacou as acusações graves do vereador governista Josean Veras (PSC) sobre decisão da Justiça Eleitoral que cassou os direitos políticos e o mandato da prefeita Teresa Murad e sua vice Neuza Muniz (ambas do PMDB), bem como o direito político do secretário de estado de Saúde Ricardo Murad na última quinta-feira,13.

Assim que a notícia chegou àquela Casa pelo vereador oposicionista Cássio Reis (PSDB) que foi informado por telefone Veras usou da tribuna para defender os seus aliados, mas fez acusações consideradas graves contra a Promotora de Justiça da Comarca de Coroatá, Patrícia Espínola, e também contra o governador recém-eleito Flávio Dino (PCdoB).

“Eu tenho notado que o vereador Cássio fez um terrorismo com o povo de Coroatá, com a história da cassação da nossa prefeita Teresa Murad. Na verdade quem deu o parecer favorável à cassação foi a Dr. Patrícia que é esposa do promotor Zanone que já há algum tempo faz oposição, se posicionando sempre contra o nosso governo, ou o governo de Coroatá. A mesma Patrícia há dois meses julgou improcedente a causa que ela agora julgou procedente dando parecer favorável. A mesma Patrícia disse que não havia irregularidade sobre a acusação que nós teríamos usado o Macrorregional para fins eleitorais. Agora ela mudou a decisão”, detonou o cristão.

Observem que o parlamentar descreve a promotora como possível aliada à oposição de Coroatá, supõe que Dino tem participação na decisão da justiça, ele ainda precipitou-se ao dizer que a determinação foi em função do uso do Hospital Macrorregional durante a campanha política, o que não procede, já que as acusações que culminou com a decisão em questão refere-se aos contratos celebrados por Murad para a construção poços artesianos na zona rural, o que se caracterizou como abuso de poder político.

Em seguida Veras ainda desqualifica a decisão proferida pela juíza Josane Farias Braga dizendo que "a justiça tarda mais não falha, porém eles sabem que esse parecer qualquer um faz, mas deve-se entender que isso vai para um julgamento sério e nós esperamos que continue improcedente".

Durante participação no programa Coroatá na TV no dia de ontem, 14, o vereador Cássio Reis criticou a atitude do governista. “Quando o ex-prefeito de Coroatá foi cassado eles andavam falando nos quatro cantos da cidade, agora porque nós estamos aqui contanto a verdade, eles dizem que é terrorismo. Na época deles isso não era terrorismo. Lamentável esse posicionamento do vereador Josean. Ele precisa ter mais respeito com a justiça, dizer que a Dr. Patrícia é aliada a oposição, que Flávio Dino teve influencia nesse caso, ele que nem assumiu o governo, isso é muito grave", disse o vereador Cássio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário