.

.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Campeão alemão Ozil ajudou crianças carentes a realizar cirurgias em Coroatá

Ozil durante o anúncio da sua cooperação com a Big Shoe
Ao final das cirurgias as crianças atendida posam para fotos com camisas da seleção campeã
Fotos: Reprodução da Internet.

O meia da seleção alemã, campeã da Copa do Mundo do Brasil de 2014, Mesut Özil, alemão de origem turca, segundo o site Deutscher Fussbal-bund, contribui para a realização das tradicionais cirurgias realizadas anualmente na Clínica São Daniel localizada em Coroatá, que neste ano ocorreram entre os dias 09 e 16 de junho.

Segundo a reportagem o jogador custeou cirurgias para 11 crianças, mas que em seguida o número foi ampliado para 23.

O site escreve que ao final das celebrações conjuntas Mesut Ozil tinha uma mensagem especial, pois como um campeão do mundo, ele tem o compromisso de fazer mais do que antes: "Eu sinto uma enorme gratidão por tudo o que eu era capaz de experimentar nas últimas semanas", disse Ozil e continuou "o que poderia ser melhor do que permitir que as crianças pobres possam ter acesso à escola e ao esporte".

Ozil disse que pretende estreitar sua relação com nosso país e, possivelmente, com os trabalhos realizados em nossa cidade. O jogador acompanhou o resultados dos trabalhos da equipe médica através de fotos e filmes e disse que também recebeu mensagens de agradecimento de pais felizes. "Eu sei que o dinheiro é bem gasto", sentenciou.

E por fim o jogador de 25 anos, acrescentou: "Eu também quero agradecer por isso novamente, além disso para a grande hospitalidade que todos nós poderíamos experiência no Brasil".

A contribuição do jogador ocorre por meio da organização não-governamental Big Shoe criada em 2006 durante a Copa do Mundo no seu país de origem, a Alemanha.

Uma equipe formada por seis médicos e duas enfermeiras alemães da organização Interplast foram os responsáveis por realizar  mais de 100 cirurgias em crianças com lábios leporinos e fenda palatina, bem como cicatrizes, queimadoras, antes e durante a fase inicial da Copa do Mundo, o que durou cerca de duas semanas na Clínica São Daniel.

A freira e enfermeira também alemã que há muito reside em Coroatá, Verônica Brummbeuer, é que organiza por mais de duas décadas a vinda da equipe ao município de Coroatá.

Na página da Big Shoe no Facebook, clique aqui, podemos assistir a um vídeo intitulado "Coroata - first impressions" que publicamos abaixo.