.

.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Candidatura de Andrea Murad traz mais um desafeto para Ricardo

Com informações do Marrapá

A desistência do secretário Ricardo Murad (PMDB) em não disputar mais uma eleição (o que poderia garantir sua permanência no poder legislativo) por acreditar que o mais importante para ele é permanecer a frente da Secretaria de Estado de Saúde - SES até o último dia do desastroso governo de sua cunhada, lhe trouxe muita discórdia no seio de sua família, como já expusemos inúmeras vezes por aqui algumas vez.

Após as muitas desavenças movidas pela ambição particular de cada um dos membros geniosos envolvidos e Ricardão, finalmente, ter optado por agradar as duas filhas lançando uma delas (Andrea) e o marido da outra (Souza Neto) a uma vaga na Assembleia, eis que surge um novo revoltado com a sua decisão.

Trata-se do vereador de primeiro mandato de São Luís, Fábio Câmara (PMDB) que anunciou o seu rompimento com o seu tutor. Câmara parecer ter se esquecido que foi eleito graças ao envolvimento de Ricardo Murad, de quem foi funcionário na SES antes de vencer o pleito,

O parlamentar peemedebista afirmou que disputará as eleições de outubro, confirmando que pretende romper definitivamente com Ricardo Murad para concorrer à vaga de deputado estadual.

Há quem garanta, porém, que por trás da afronta do “amigo da hora certa” está o desesperado pré-candidato a governador da oligarquia Sarney, Edinho Lobão.

Prevendo um vexame nas urnas, o suplente de senador teria interesse na candidatura de Fábio, na expectativa de contar com a inigualável habilidade dele em pagar contas de água e luz da população carente na véspera das eleições.

Na campanha eleitoral de 2010, Fábio Câmara escapou fedendo das investigações da Polícia Federal. À época, foi acusado de capitanear um grande esquema de compra de votos que beneficiou principalmente as candidaturas à reeleição de Ricardo e Roseana.