.

.

domingo, 6 de abril de 2014

Será o fim da liberdade de imprensa? Blogueiros e fotógrafos são impedidos de entrar no plenário da Câmara de Coroatá para registrar a sessão

Barrados na Câmara
Após a agressão sofrida pelo editor do Coroatá de Verdade, Cleo Freitas, por um secretário da prefeita Teresa Murad dentro do prédio da Câmara de Vereadores na quinta-feira, 27, a medida adotada pela Mesa Diretora daquela casa salta ao absurdo e fere o princípio de liberdade à informação e de imprensa.

Trata-se da restrição do acesso de blogueiros e fotógrafos ao plenário, onde sempre acompanharam e registraram de posição privilegiada as discussões daquele parlamento.

O editor do Coroatá OnLine, Antonielson Sousa, ficou sabendo da medida com antecedência, mas recusou-se a acreditar até chegar a Câmara na tarde da última quinta-feira, 03.

Em seguida Cleo Freitas, munido de equipamento fotográfico, também foi barrado pelo vigilante do prédio na porta do plenário a mando da direção da Casa, ou sabe lá de quem.

Os blogueiros ainda tentaram um acordo ou apenas conversar com o presidente daquela sessão, o democrata Leon Camilo, que comandava com a dificuldade esperada, mas este não lhes deu ouvidos, apenas a secretária parlamentar Conceição Gama mais uma vez conversou com os dois blogueiros,  em um claro desrespeito a estes profissionais.

Segundo as informações infundadas e injustificáveis da secretária apenas os canais de televisão poderão ter acesso ao espaço reservado aos vereadores a partir de agora. Retornando a galeria os blogueiros exibiram aos parlamentares um cartaz com os dizeres "Cadê a liberdade de imprensa? #respeitoaosblogueiros".

Outros profissionais também estiveram naquela casa nesta última quinta, como Cici Almeida (Coroatá Conectado) e Edy Lemos, que nada puderam fazer contra a medida antidemocrática ora instalada naquela casa legislativa.

O vereador Cássio Reis (PSDB) partiu em defesa da categoria dizendo que a Mesa Diretora precisa rever esta atitude.