.

.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Coroatá completa seus 94 anos sem ter o que comemorar!



Foi um desastre a programação de aniversário de Coroatá, não houve nenhuma inauguração se quer como todos já estavam acostumados em administração anteriores, principalmente nas duas ultimas, do ex-prefeito Luis da Amovelar.

O que se viu no ultimo dia 08 de abril foi uma tal "Gincana Cultural" que de cultura não teve nada, uma total desorganização e claro, muita falta de respeito com os jovens coroataenses, pois os ganhadores, como já era de se esperar, foram apenas os amigos e aliados da administração municipal, para se ter ideia, cada setor da prefeitura montou uma equipe, e foram exatamente essas equipes que abocanharam os 15 mil reais de premiação que saiu dos cofres públicos através da secretaria de juventude. As maiores reclamações eram dos jurados e organizadores que deram um show de desorganização e arrogância, além de que eles eram se quer de Coroatá, logo não sabiam nada da nossa gente e nossa cultura.

Outro fato que chamou atenção foi a forma politiqueira que a prefeita Teresa Murad sorteou as casas do programa "Minha casa, minha vida" do governo federal, pois segundo especialistas da área, as casas somente estarão prontas pra entrega no ano de 2015, logo não precisariam serem sorteadas no inicio deste ano.

Mas, nem tudo foi "feiura", pois a noite os evangélicos fizeram bonito louvaram a Deus na praça José Sarney com algumas bandas gospel que a prefeita contratou para tentar se limpar com o público depois de ter mandado todos irem para o inferno semanas atrás (REVEJA) e ter proibido os jovens das igrejas evangélicas de usarem as escolas municipais para realizarem os tradicionais retiro espirituais (REVEJA).

No entanto, a população de Coroatá continuará esperando a reabertura do Hospital Geral Municipal que foi fechado no primeiro dia de desgoverno Murad, continua com as ruas esburacadas, continua sem água. enfim, continua na lama, literalmente.