.

.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Criança coroataense é transferida para São Luis, peregrina atendimento e só consegue no Socorrão



Lucas de 13 anos saiu de Coroatá transferido do super hospital macrorreginal de Coroatá para fazer uma cirurgia no Hospital Universitário Presidente Dutra, porém o médico faltou e a criança foi mandada para casa, mesmo perdendo muito sangue. Desesperada, a família peregrinou por São Luís à procura de atendimento, que foi negado em várias unidades de saúde. Os profissionais alegaram que o problema era 'muito delicado'.

Depois de um dia inteiro sem se alimentar, eles foram obrigados a procurar a imprensa. O ferimento do menino já cheirava mal. Foi então que Lucas foi recebido no Socorrao I, fez a limpeza do ferimento e a cirurgia foi remarcada para a próxima semana.
E agora será que vão continuar falando mal da saúde da prefeitura de São Luis, que atendeu um coroataense mesmo este não morando na capital? Não era a população de Coroatá que não ia mais precisar sair da sua cidade para se humilhar em outros municípios em busca de um leito? Com a palavra o super secretário Ricardo Murad...