.

.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Juscelino Araújo encerra o ano legislativo apresentando um retrospecto do desastroso governo de Teresa Murad

O vereador Juscelino Araújo (PT) foi o último parlamentar a utilizar-se dos primeiros trinta minutos do Grande Expediente e aproveitou para fazer um breve retrospecto do primeiro ano do governo de Teresa Murad (PMDB).

Durante o seu discurso relembrou a primeira ação do novo governo "mandar todos os vigilantes para suas casas sem nenhuma explicação", criticou a locação de vinte veículos para servir ao município, pois segundo ele a "demanda poderia ser atendida em benefício de coroataenses e não contratar uma frota a preço abusivos, tal recurso poderia estar sendo utilizado para a realização de outras demandas ainda mais necessárias para o nosso povo", disse.

Continuando o seu pronunciamento o petista lembrou do desemprego gerado após o início da nova administração o que, segundo ele," ocasionou a êxodo de muitos coroataenses para a região Sul e Centro Oeste, tendo descumprido uma de suas principais promessas", disse ele referindo-se a carta distribuída durante a campanha e que foi lida na íntegra por ele na tribuna.

A deficiência dos serviços prestados pela Companhia de Água e Esgoto do Maranhão - CAEMA após a extinção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto - SAAE, a doação do Centro Comunitário, o fechamento do Hospital Geral Municipal - HGM, a revogação do plano de carreira e o não cumprimento dos 200 dias letivos exigidos por lei também foram alvos de crítica de Juscelino.

Para finalizar o seu discurso Araújo lembrou todas as indicações apresentadas por ele durante seu primeiro ano de atuação no parlamento municipal.