.

.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Por falta de prestígio secretário de Teresa Murad entrega o cargo

O desprestigiado secretário ao lado de sua prefeita
As nossas fontes entranhadas nos corredores do poder municipal, muito próxima ao alto escalão, se é que ele existe, do (des)governo de Teresa Murad (PMDB) informaram nesta manhã a nossa redação que caiu mais um de seus secretários.

Segundo nossas fontes, o coroataense Jocimar Pereira, até então um dos mais fiéis súditos do clã Murad, entregou na manhã desta segunda-feira, 11, o cargo de secretário municipal de Saúde que ocupava desde os primeiros dias da administração. Ainda segundo as mesmas fontes a falta de prestígio e ausência autonomia para a condução da pasta foram os motivos que fizeram o agora ex-secretário tomar tal decisão.

Para refrescar a memória de nossos leitores mais distraídos vale lembrar que Pereira ocupou por longos anos o cargo de gerente regional da Unidade Regional de Saúde dos Cocais e elegeu-se vereador pelo PMDB no ano de 2012 em sua segunda tentativa.

O vereador de Coroatá recém-eleito resolveu decepcionar os seus eleitores que o queriam ver legislando e fiscalizando ao licenciar-se alguns minutos após ser empossado para assumir, a mando de Ricardo Murad, a secretaria que agora renunciou para que o seu suplente Júnior Buhatem (PMDB) assumisse a vaga e partisse para o difícil trabalho de defender o governo da sua prefeita já que entre os demais parlamentar eleitos não havia nenhum preparado para o exercício de tal função.

Com a renúncia de Jocimar Pereira, o “retorno” (daquele que nunca foi) à Câmara Municipal de Coroatá significará o término do “mandato” do hoje líder de governo naquela Casa, Júnior Buhatem.  

Explicando o caso Jadna – Aproveitamos esta nota sobre a queda de mais um secretário de governo da prefeita Teresa Murad para informar aos nossos leitores que a publicação sobre a exoneração da secretária municipal de Juventude, Jadna Mayre Freire, foi fiel às informações recebidas e configura-se verdade cada palavra que escrevemos. Rezam as fontes que a notícia foi recebida como uma bomba e com muitas lágrimas pela jovem. Os fatos ocorreram, porém, com a divulgação inesperada dos mesmos a Muralhada se rebolou e manteve a quase ex-secretária no cargo, mas não sem antes promover aquele escracho por sua atuação na pasta e comportamento social. Porém, não é segredo para ninguém que Jadna Mayre ficará na pasta somente até o último dia deste ano, conforme o combinado durante a campanha eleitoral.