.

.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Prefeita Teresa Murad tenta enganar agentes comunitários de saúde


A prefeita de Coroatá fez o maior alarde e deu até entrevista exclusiva no seu canal de TV, somente para anunciar uma grande novidade para os agentes comunitários de saúde de Coroatá.

Pois bem, os ACS's estavam que era uma alegria só, juravam que a prefeita tinha aberto o coração e que havia resolvido cumprir a Lei Federal 11.350/2006 que sugere às prefeituras concederem um aumento de 15 a 20% no salário de todos os Agentes comunitários de Saúde. Uns até já estavam organizando passeata para a gradecer a atitude da prefeita, que seria uma das poucas a cumprir tal lei.

E eis que a prefeita mete a cara na sua TV, falou, falou, falou e nada disse. Teresa queria na verdade, tentar enganar os sofridos agentes, que desde que são agentes comunitários de saúde, sabem que os seus salários vem diretamente da União, ou seja do governo federal, e sabem também que o único trabalho da prefeitura é transferir o dinheiro depositado pelo governo federal para as contas dos ACS's.

Teresa aproveitou a aparição, para anunciar depois de 10 meses, finalmente a prefeitura está providenciando o fardamento para a categoria (tomara que não seja igual a farda do SAMU que até hoje nunca apareceu) que, pasmem vocês é pago com uma taxa que é descontado mensalmente do recurso que seria o salário dos ACS, isso mesmo são os trabalhadores quem irão pagar suas fardas e até equipamento de trabalho.

Desvalorização dupla

E se Teresa não respeita os Agentes Comunitários de Saúde, Ricardo Murad então nem se fala. Esse é secretário de estado da Saúde e nunca se quer chamou os agentes para uma reunião em seu gabinete.

Nem toca no assunto da contrapartida que o governo deveria repassar aos guerreiros ACS's, e ainda tem a cara de pau de dizer, que essa é a categoria que ele mais ama. Eita amor bandido esse...