.

.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Paralisação de educadores coroataenses e outras notas quentinhas

Braços cruzados

A delegacia coroataense do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão - SINPROESEMMA convocou os professores da rede municipal de ensino para uma paralisação das atividades para a próxima terça-feira, 22, seguindo a paralisação dos professores da rede estadual de ensino. A paralisação deverá ocorrer a partir do dia 16 de cada mês, até que suas reivindicações sejam atendidas.

Comemoração

Com início no final da tarde de ontem, 15, SINPROESEMMA Coroatá realizou uma comemoração pelo dia dos professores no sítio Cangalha, próximo a AABB, com sorteios de diversos brindes entre os presentes.

Disposição para a luta

A comemoração contou com a ilustre presença de Júlio Pinheiro, presidente estadual da instituição, que respondendo uma pergunta da nossa reportagem formulada com a contribuição do professor João Alves Filho, disse que a luta da classe vale a pena e que contribuirá para que as arbitrariedades cometidas pela administração municipal coroataense precisam ser combatidas e que a lei do piso seja cumprida: "o sindicato além de organizar a categoria  para que sejam cumpridas as determinações legais iremos à justiça, se necessário", declarou Pinheiro.

Desfiliação

O vereador Juscelino Araújo, descontente com o posicionamento do Partido dos Trabalhadores - PT, poderá pedir filiação a outra legenda nos próximos dias, sendo o Solidariedade o caminho mais provável para que não possa correr o risco de perder o seu precioso e suado mandato.