.

.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Jovem Coroataense desabafa em rede social


O texto é de autoria do Jovem Fernando Filgueiras, que é universitário e teve vários parentes e amigos demitidos pela atual prefeita., o texto foi postado no Facebook!

"É por isso que eu não me iludo com promessas antigas, palavras rebuscadas, ideias faraônicas, e momentos de pressão! Eu vi Coroatá se vender, eu vi o povo da minha cidade se render, eu atestei a fraqueza de uma população e a corrupção de meia dúzia de demagogos.

É triste olhar nos olhos de sua mãe, irmã, amigos, conhecidos e saber que eles convivem com o medo e incerteza de um futuro sem seus proventos, sem seus empregos, sem sua luta diária. Tudo isso tirado, deturpado, roubado sem quem alguém grite: "Pega ladrão!", pois o ladrão que ali rouba, é o mesmo que manda em quem prende. O choro fez mais que parte desses dias, ele foi testemunha que o desespero tem um nome, que a irresponsabilidade tem lugar neste chão e que somos todos espectadores de mentiras e factoides.

Foi cruel renegar saúde a quem não pode pagar, gastar o que dizia não ter com o mais fútil, o mais ínfimo, o mais desnecessário, enquanto milhares passam fome, sendo que desses, muitos "batiam palmas" a quem os golpeou com a revanche que só traz mágoas. Talvez seja regozijante aos quem mandam, ver muitos contrários a suas ideias passarem por momentos complicados, pelo bel prazer de presenciar o sofrimento do próximo, enquanto provam dos melhores sabores, vestem as melhores roupas e frequentam os mais finos lugares.

Eu tenho apenas um sonho, aquele mesmo que o Senhor vem ouvindo a tempos e forjando para o momento certo, não se trata de liberdade e muito menos de igualdade, pois além de relativo soa profundamente utópico. Queria apenas justiça e paz ao povo que faz por onde, a minha gente que sofre tanto e aos que amam que tem vivido momentos difíceis! Força Coroatá, seus medos podem até ser reais, mas não tema dizer o nome deles, pois teu problema tem sobrenome Murad, mas teu salvador é chamado Jesus Cristo!