.

.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Deputada pode ser barrada na Assembleia por não se vacinar


Pelo menos uma deputada estadual do Maranhão não poderá acessar as dependências da Assembleia Legislativa, seu local de trabalho, a partir de segunda-feira (10) e até o dia 31 de janeiro.

Trata-se de Mical Damasceno (PTB), parlamentar bolsonarista que ainda não se vacinou contra a Covid-19 por opção pessoal.

Sem o comprovante de vacinação, a petebista deve ser barrada na Casa se tentar adentrar o prédio do Legislativo maranhense, uma vez que na próxima semana começa a vigorar, de acordo com o texto da Resolução Administrativa nº 788/2021, a exigência de comprovante de vacinação para acesso ao local.

O ato foi editado na quinta-feira (6) pelo presidente da Assembleia, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB).

Procurado pelo Imirante, ele ainda não comentou a situação da deputada. Mical também foi procurada, mas ainda não retornou as tentativas de contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário